CSSJD tem novas residências médicas aprovadas pela CNMR/MEC

Novos programas de “Cirurgia Geral”, “Medicina em Emergência” e “Oncologia Clínica” terão seus editais publicados a partir de fevereiro de 2022. Atividades devem ser iniciadas em março

Da Redação

A Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação (CNRM/MEC) aprovou três novos programas de residência para o Complexo de Saúde São João de Deus. Segundo o Centro de Estudos São João de Deus (CESJOD), os editais das residências em Cirurgia Geral, Medicina de Emergência e Oncologia Clínica devem ser realizados pela Associação de Apoio à Residência Médica de Minas Gerais (AREMG) em fevereiro de 2022, sendo os aprovados convocados para matrícula e início das atividades em março do próximo ano.

O Programa de Residência em “Cirurgia Geral” terá duração de três anos e terá a proposta de receber três residentes por ano, totalizando nove residentes. A coordenação será do cirurgião-geral do CSSJD, Renan Elias Valério. Segundo o médico, a residência já existia na instituição, no entanto, algumas mudanças foram realizadas nos últimos anos, sendo uma delas a opção de fazer um programa de dois anos de duração, no qual o residente se formava apenas com o pré-requisito para entrar em subespecialidade cirúrgica ou de três anos, no qual o residente se forma como Cirurgião Geral. Inicialmente, foi mantido o programa de residência com dois anos de duração. Entretanto, neste ano, houve uma nova mudança, extinguindo o formato anterior e adotando o programa de três anos.

— Nesse contexto o Hospital precisou ser reavaliado quanto à possibilidade de atender as exigências para abrigar o programa de 3 anos. A avaliação foi feita de forma remota e de forma presencial, momento em que fomos aprovados. A expectativa é de formar sempre cirurgiões gerais competentes do ponto de vista técnico, teórico e ético, que irão acrescentar muito na qualidade do serviço na instituição — comentou.

Já a residência em a residência em “Medicina em Emergência” também terá três anos de duração e duas vagas por ano. Segundo o Coordenador da residência, Dr. Júlio César Veloso, este será mais um grande desafio bem sucedido do Complexo de Saúde São João de Deus.

— Essa residência nasceu do desejo de melhorar a qualidade de atendimento das urgências e emergências médicas na região, com formação de profissionais capacitados e preparados para atender os pacientes que demandem esse tipo de cuidado. E o CSSJD é o local ideal para que ela se instale, pois possui um corpo clínico pujante e dinâmico. Um novo desafio começa a surgir, mas a certeza do sucesso é o que nos motiva — completou.

Por fim, a especialização em “Oncologia Clínica”, terá duração de três anos, sendo oferecidas duas vagas por ano, tendo como pré-requisito do candidato a residência em clínica médica. Para o coordenador do programa, Dr. Claudemiro Neto, a nova residência representa um passo importante do serviço de oncologia da instituição.

— O nosso serviço é reconhecido pelo corpo clínico capacitado e por entregar resultados com responsabilidade e humanização. Agora pretendemos alcançar um novo patamar de excelência, com a formação de novos médicos oncologistas — comentou.

Ainda conforme o CESJOD, somados os três programas recém aprovados, o CSSJD possui 11 programas de residência e 48 residentes matriculados, além de 20 especializandos em programas credenciados pelas Sociedades Brasileiras representantes de cada especialidade.

Entre os programas existentes no CSSJD estão as residências em Anestesiologia, Cardiologia, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Medicina de Família e Comunidade, Medicina de Emergências, Nefrologia, Neonatologia, Oncologia Clínica, Pediatria e Pré-Requisito em área Cirúrgica Básica (que está sendo substituído pela residência em Cirurgia Geral).

São ações como essas que reafirmam o compromisso do Complexo de Saúde São João de Deus em desenvolver um trabalho de qualidade nos campos de ensino e pesquisa, seja em conjunto com a Escola Técnica ou por meio das residências já existentes. Todas as ações possuem um único objetivo para o CSSJD: amplificar o seu impacto na formação de profissionais.

Comentários
×