Cruzeiro vence Villa Nova e garante classificação antecipada para próxima fase do Mineiro

José Calos de Oliveira

O Cruzeiro é o primeiro time garantido, matematicamente, nas quartas de final do Campeonato Mineiro 2018, em seu Módulo I. Na tarde deste sábado, o time celeste derrotou o Villa Nova por 1 a 0, com gol de Rafinha aos 29 minutos do primeiro tempo. A partida foi disputada no Mineirão, em Belo Horizonte, com mais de 31 mil torcedores presentes no estádio.

Bom jogo

O Cruzeiro fez uma grande exibição, mas apesar das várias chances criadas pelo ataque, a equipe estrelada não conseguiu traduzir seu domínio em mais gols. Com o resultado, o clube celeste disparou na liderança do Estadual, agora com 19 pontos ganhos - seis a mais que o segundo colocado, o América. Já o Leão do Bonfim caiu para o quinto lugar, com nove pontos.

A vitória garante o Cruzeiro nas quartas de final do estadual, faltando ainda quatro rodadas para o término da fase de classificação.

No próximo fim de semana, no sábado, o Cruzeiro volta a jogar no Mineirão, em Belo Horizonte. O adversário em duelo da 8ª rodada será o Boa Esporte. Já o Villa Nova vai a Patrocínio para enfrentar o Patrocinense. O jogo será disputado no sábado, às 16h, no estádio Pedro Alves do Nascimento.

Outro jogo deste sábado 

Na outra partida deste sábado, pelo Campeonato Mineiro, o Tombense venceu o Democrata de Governador Valadares por 3 a 1, no estádio Antônio Almeida Guimarães, em Tombos. Everton, Cássio Ortega e Daniel Amorim, artilheiro do time com quatro gols, marcaram para o Tombense. Fernando, de pênalti, fez o tento de honra da Pantera de Governador Valadares.

Detalhes da Partida

Jogo: Cruzeiro 1 x 0 Villa Nova

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro

Data: 17/02/2018 (sábado)

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte - Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (CBF)

Público: 29.677 (pagantes) – 31.705 (presentes)

Renda: R$ 406.112,00

Gol: Rafinha, aos 29 minutos do 1º tempo 

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Mancuello (Robinho); De Arrascaeta (Rafael Sóbis), Rafinha e Fred (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Villa Nova: Renan; Marcelo Tchê, Gustavo Eugênio, Rafael Vitor e Maninho; PV, Ceará, Otávio (Iury) e Pinguim (Nequinha); Dudu (Felipinho) e Carrara. Técnico: Ito

Cartões amarelos: Mancuello, Fred, Edilson, Robinho (Cruzeiro); Gustavo Eugênio, Carrara, Ceará (Villa Nova)

Comentários
×