Cruzeiro vence clássico e reverte a vantagem no estadual

José Carlos de Oliveira

O Cruzeiro reverteu a vantagem do Atlético e ficou a um empate do bicampeonato Mineiro. Na tarde deste domingo, a Raposa derrotou o Atlético por 2 tentos a 1, no jogo de ida da final, que foi disputada no Mineirão. Os gols da partida foram marcados por Marquinhos Gabriel para o Cruzeiro, a 45 minutos do primeiro tempo; Ricardo Oliveira, aos 10 minutos da segunda etapa para o Atlético; e pelo zagueiro Leo, aos15 minutos do segundo tempo para o Cruzeiro.

Esta foi a 11ª vitória consecutiva do Cruzeiro este ano. O time ainda está invicto na temporada, com 19 partidas sem perder, sendo 15 vitórias e quatro empates, em 15 jogos pelo Mineiro e 4 pela Copa Libertadores.

Jogo da volta

O Atlético decidiu apostar no fator campo para a decisão do campeonato estadual. Após a partida deste domingo no Mineirão, o novo diretor de futebol do clube, Rui Costa, confirmou que a partida de volta, marcada para o sábado, às 16h30, será disputada na Arena Independência.

Reclamação

Ao término do jogo deste domingo, em entrevista ainda no Mineirão, a diretoria do Atlético reclamou da atuação dos árbitros de vídeo no clássico. Para os dirigentes alvinegros os árbitros foram omissos no último lance do primeiro tempo, quando não viram pênalti de Dedé no zagueiro Igor Rabello. 

O escanteio que originou o gol da vitória da Raposa também foi motivo de reclamação para os atleticanos. A jogada teria nascido de um erro do bandeirinha, que marcou escanteio, quando a bola teria tocado por último no atacante do Cruzeiro.

Gol anulado

Aos 35 minutos do segundo tempo o artilheiro Fred chegou a comemorar o terceiro gol do Cruzeiro, seu 12º no campeonato, mas o árbitro de vídeo (VAR) viu mão do atacante no lance, e invalidou a jogada.

Detalhes da Partida

Jogo: Cruzeiro 2 x 1 Atlético

Motivo: Jogo de ida da decisão do Campeonato Mineiro 2019, Módulo I

Data: 14/04/2019 (domingo) - Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães-RJ (Fifa)

Público: 44.650 pagantes / 51.032 presentes - Renda: R$ 1.952.766,00

Gols: Marquinhos Gabriel, aos 45 minutos do 1º tempo; Ricardo Oliveira, aos 11, e Léo, aos 16 minutos do 2º tempo

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Robinho (Rafinha), Marquinhos Gabriel e Rodriguinho (Pedro Rocha); Fred. Técnico: Mano Menezes

Atlético: Victor; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Adílson, Elias, Cazares (Vinícius), Chará e Luan (Maicon); Ricardo Oliveira (Geuvânio). Técnico: Rodrigo Santana

Cartões amarelos: Luan, Ricardo Oliveira, Maicon, Fábio Santos, Leonardo Silva e Victor (Atlético); Fred, Henrique, Lucas Romero, Edilson e Marquinhos Gabriel (Cruzeiro)

Cartões vermelhos: Rafinha (Cruzeiro); Adílson (Atlético)

Comentários
×