Cruzeiro vence Botafogo-SP e chega ao sexto jogo sem perder na Série B

Raposa venceu em Ribeir√£o Preto por 1x0; Resultado faz com que a equipe suba para a 13¬ļ coloca√ß√£o

Bruno Davi Bueno

O Cruzeiro manteve a boa sequência de resultados positivos na Série B. Jogando na última sexta, 6, em Ribeirão Preto, a Raposa venceu o Botafogo-SP por 1x0 e, assim, continua invicta desde a chegada de Felipão. Airton foi o autor do gol da partida.

Falsa retranca e Estreia sem brilho

A Raposa começou o jogo sem seu principal jogador de meio-campo. Régis, suspenso na última partida, não pôde atuar e o Cruzeiro de Felipão se apresentou a campo com três volantes. Isso prejudicou a saída de bola, fazendo com o que a equipe não tivesse o domínio no meio de campo que é acostumado a ter desde que Scolari assumiu e, assim, não criasse tantas chances de perigo na primeira etapa.

Apesar disso, a principal oportunidade dos primeiros 45 minutos foi Celeste. Marcelo Moreno, após receber cruzamento na linha de fundo, cabeceou bonito e viu o goleiro Darley fazer uma bonita defesa. O Cruzeiro tinha domínio da partida, apresentava um percentual alto de posse de bola e mostrava que, mesmo com três volantes, não estava jogando na retranca. Todavia não conseguia, exceto na chance de Moreno, adentrar tanto a área do Botafogo que, por sua vez, apresentava uma verdadeira vontade de apenas se defender.

O primeiro tempo ainda marcou a estreia do atacante Willian Pottker, recém chegado após troca com o meia Maurício, que foi para o Internacional. O jogador de 26 anos começou jogando na ponta-esquerda, trocou de posição com Airton indo para a pequena área, mas acabou retornando para sua posição de origem. Willian não teve grandes chances e acabou fazendo uma estreia sem brilho diante do Botafogo.

O homem de Scolari

Precisando sair do 0x0, Felipão mandou a campo o jogador Claudinho, esperando acertar essa ausência do meia de criação, função que estava sendo exercida, sem tanto brilho, pelo volante Filipe Machado. O time continuou em cima do Botafogo-SP, que pouco ofereceu perigo ao goleiro Fábio.

O jogo se mantinha sem tanto brilho no decorrer da segunda etapa. O Cruzeiro, sem tanta inspiração para criar as jogadas, rondava a área do adversário, alçava bolas no alto e esboçava, às vezes, jogadas bem trabalhadas. Já o Botafogo, vice lanterna do campeonato, não tinha forças para atacar a Raposa.

A partida se caminhava para um empate sem gols quando entrou em cena Airton, o homem de Scolari. O atacante de 21 anos, que é o principal jogador da equipe desde que o treinador assumiu a equipe, chegou à partida vindo de uma sequência de dois jogos marcando. Jogador de confiança de Felipão, Airton mais uma vez provou seu valor e mostrou porque merece ser titular da equipe. Aos 25 minutos, Cáceres cruzou na área e o atacante cabeceou com sutileza. Darley ainda se esticou todo para evitar o gol, mas não conseguiu. O homem de Scolari é decisivo novamente: Cruzeiro 1x0.

Nos últimos 20 minutos de jogo, o Botafogo ainda tentou levar perigo cruzando bolas na área do goleiro Fábio e finalizando de longe, mas mesmo assim não chegou ao empate. A incapacidade da equipe Paulista foi controlada pela equipe de Felipão. Mais um triunfo na conta do gaúcho.

Defesa celeste vira fator importante

Com o resultado de 1x0, além da vitória, o Cruzeiro chegou a uma marca importante: apenas um gol sofrido nas últimas 6 partidas. A zaga, formada na noite por Manoel e Cacá no miolo e Patrick + Cáceres nas laterais, se mostrou mais uma vez eficiente e sem brecha para chances perigosas do adversário.

Na competição tem sido nítido a grande melhora do setor defensivo. Nas primeiras 13 rodadas, foram 16 gols sofridos que geraram várias derrotas para a Raposa. Agora, com uma defesa sólida atrás, o Cruzeiro gera mais confiança para os atacantes fazerem seu trabalho. Essa combinação de fatores dá mais esperança para a equipe subir na tabela e sonhar, mesmo que abusadamente, com um acesso.

Duas partidas em casa para continuar a boa fase

Agora a Raposa retorna para o Mineirão buscando continuar a boa fase na competição. A equipe terá duas partidas seguidas no Gigante da Pampulha e espera conquistar mais duas vitórias para chegar de vez na briga pelo acesso.

O primeiro desafio é diante do Guarani, já nesta segunda, 9, às 20h. O Cruzeiro, embalado pelo sexto jogo sem perder, já é 13º colocado no campeonato, com 23 pontos.

Coment√°rios
×