Cruzeiro segura o empate e avança para a final da Copa do Brasil

José Carlos de Oliveira

Foi novamente com sofrimento, mas o Cruzeiro está em mais uma final de Copa do Brasil e vai em busca de seu sexto título do torneio, para se tornar o maior vencedor da competição. O time celeste venceu as edições de 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017 e, ao lado do Grêmio, têm cinco títulos cada.

No jogo desta quarta-feira, no Mineirão, o Cruzeiro empatou em 1 a 1 com o Palmeiras, no confronto de volta das semifinais do torneio. Os gols da partida foram marcados por Hernán Barcos, aos 26 do primeiro tempo para os mineiros, em passe de Lucas Silva, e Felipe Melo, aos 4 minutos da segunda etapa, de cabeça, para os paulistas.

Como havia levado a melhor no jogo de ida, com vitória de 1 a 0 no Alians Parque, em São Paulo, o Cruzeiro avançou para sua oitava final de Copa do Brasil. O adversário na decisão será o Corinthians, que também na noite desta quarta-feira venceu o Flamengo, por 2 a 1, na capital paulista. No jogo de ida, no Maracanã, os dois times haviam empatado sem gols.

As duas partidas da final estão marcadas para os dias 10 e 17 de outubro. Na tarde desta quinta-feira, em sua sede no Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) faz o sorteio dos mandos de campo.

Confusão

Após o apito final da partida desta quarta-feira, no Mineirão, houve um início de confusão, com briga entre jogadores em campo. O atacante Sassá, do Cruzeiro, foi expulso por trocar socos com o lateral direito Mayke, hoje no Palmeiras. O atleta palmeirense, que ainda pertence ao Cruzeiro, também acabou expulso, juntamente com o lateral esquerdo Diego Barbosa, outro atleta com passagem pela Toca da Raposa.

Detalhes da Partida

Jogo: Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras

Motivo: Partida de volta das semifinais da Copa do Brasil

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Mancuello), Thiago Neves (Bruno Silva) e Rafinha; Hernán Barcos (Sassá). Técnico: Mano Menezes

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Guerra), Moisés (Jean), Willian e Dudu; Borja (Deyverson). Técnico: Felipão

Gols: Hernán Barcos (26'/1º); Felipe Melo (4'/2º)

Cartões amarelos: Egídio (Cruzeiro); Borja, Felipe Melo, Deyverson e Willian (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Sassá (Cruzeiro); Diogo Barbosa e Mike (Palmeiras)

Data e horário: 26 de setembro de 2018, quarta-feira, às 21h45

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Kleber Lúcio Gil (Fifa-SC)

Árbitro de vídeo: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Público Presente: 44.681 - Público Pagante: 37.959 - Renda: R$ 2.128.080,00

 

Comentários
×