Cruzeiro perde em estreia na Libertadores

José Carlos de Oliveira

O Cruzeiro perdeu sua invencibilidade em 2018. Em seu jogo de estreia no grupo 5 da Copa Libertadores 2018, o time celeste foi derrotado pelo Racing por 4 tentos a 2, na noite desta terça-feira, no estádio El Cilindro, em Avellaneda. Arrascaeta e Robinho, em cobrança de falta, marcaram os gols dos brasileiros. Lautaro Martinez, três vezes, e Solaris foram os artilheiros do time argentino.

Grande jogo

Já sem Fábio, que retornou ao Brasil para o sepultamento de seu pai, além do lateral direito Edílson e do zagueiro Leo, que não entraram em campo, cumprindo suspensões de torneios da Conmebol no ano passado, o Cruzeiro ainda perdeu Fred, logo aos seis minutos de jogo. O atacante reclamou de dores e pediu para ser substituído. Rafael Sóbis entrou em seu lugar.

Os dois times fizeram uma grande apresentação. Na frente do marcador desde os 13 minutos do primeiro tempo, quando Martinez marcou seu primeiro gol no jogo, os argentinos usaram os contra-ataques para construir a vitória.

O Cruzeiro empatou o jogo aos 29 do primeiro tempo, com Arrascaeta, que aproveitou cruzamento preciso de Egídio da esquerda. Aos 44 minutos, em cobrança de falta ensaiada, o Racing fez 2 a1, placar do primeiro tempo.

Na segunda etapa, quando o Cruzeiro era todo ataque e já tinha mandado uma bola no travessão com Rafinha, Martinez marcou seu terceiro gol na partida, fazendo 3 a 1 para o Racing.

O Cruzeiro diminuiu para 3 a 2 em bonita cobrança de falta de Robinho, aos 25 minutos, mas aos 31, o Racing marcou mais um, com Solaris, e decretou o placar final da partida em Racing 4 x 2 Cruzeiro.

Detalhes da Partida

Jogo: Racing 4 x2 Cruzeiro

Motivo: 1ª rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores

Data: 27/02/2018 (terça-feira)

Local: El Cilindro, em Avellaneda (ARG)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Gols: Lautaro Martínez aos 13, De Arrascaeta aos 29 e Lautaro Martínez aos 44 (1º tempo); Lautaro Martínez aos 17, Robinho aos 25 e Solari aos 31 (2º tempo)

Racing: Musso; Saravia, Donatti, Sigali e Soto; Nery Domínguez, Neri Cardozo, Zaracho (Solari); Centurión (Cuadra), Lautaro Martínez (Meli) e Lisandro López. Técnico: Eduardo Coudet

Cruzeiro: Rafael; Lucas Romero, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Robinho (Mancuello); De Arrascaeta (Thiago Neves), Rafinha e Fred (Rafael Sóbis). Técnico: Mano Menezes

Cartões amarelos: Lautaro Martínez e Saravia (Racing); Mancuello (Cruzeiro)

Cartão vermelho: Saravia (Racing)

Comentários
×