Cruzeiro e Atlético em campo por objetivos distintos no Brasileirão

 

José Carlos de Oliveira

 As equipes mineiras lutam por objetivos diferentes na reta final do Campeonato Brasileiro 2018. Já classificado para a Copa Libertadores do ano que vem e sem riscos de ser rebaixado para a Série B, o Cruzeiro é o único que entra em campo sem responsabilidades nas cinco rodadas finais do torneio. Hoje, às 21h45, o time celeste enfrenta o Corinthians, no Mineirão.

Por outro lado, Atlético e América precisam pontuar nas cinco últimas rodadas para salvar a temporada. Enquanto o time alvinegro, em 6º lugar na tabela, com 47 pontos, briga por vaga na Libertadores 2019, o Coelho terá que vencer a maioria de seus jogos para evitar ser novamente rebaixado para a Série B.

Hoje, às 21h, o Atlético enfrenta o lanterna Paraná, no estádio Durival de Brito, na capital paranaense. Já o América joga apenas na quinta-feira, quando enfrenta o Internacional no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, às 21h.

 Atlético

 A delegação atleticana embarcou no meio da tarde de ontem para Curitiba. O Atlético buscará, contra o já rebaixado Paraná, sua primeira vitória sob o comando de Levir Culpi, para seguir com chances de disputar a Copa Libertadores do ano que vem. O Galo tem 47 pontos e segue estacionado na sexta colocação do Brasileirão. O Paraná é o lanterna, com 21 pontos.

O time encerrou a preparação para a partida de logo mais, ontem pela manhã. Para o jogo desta noite no Durival de Britto, Levir Culpi deve mandar a campo uma equipe bastante modificada.

Com as ausências de Adilson e Ricardo Oliveira, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, e com o veto de última hora ao atacante Chará, com dores no músculo adutor da coxa direita, o treinador deve escalar o Atlético com: Victor; Emerson, Leo Silva, Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias, Luan e Cazares; Terans e Alerrandro.

Sidnei Lobo comanda

O técnico Mano Menezes foi liberado pela diretoria para fazer um tratamento de pele na capital paulista, e devendo ficar ausente de qualquer atividade nos próximos dias, o Cruzeiro terá um novo comandante no jogo de hoje, contra o Corinthians, e do fim de semana, no domingo, às 19h, contra o São Paulo, no Morumbi. Quem dirige o time nos próximos jogos é o auxiliar técnico Sidnei Lobo.

Para o jogo desta noite, às 21h45, contra o Corinthians, Sidnei Lobo tem problemas para escalar o time. Ele não poderá contar com o zagueiro Dedé e o meia-atacante uruguaio Arrascaeta que estão, respectivamente, a serviço das seleções do Brasil e do Uruguai, que se enfrentarão em amistoso na sexta-feira, às 18h (de Brasília), no Emirates Stadium, em Londres.

Além dos dois, o lateral direito Edilson e o atacante Rafael Sóbis levaram o terceiro cartão amarelo na rodada do fim de semana, derrota para o Furacão por 2 a 0, e terão que cumprir suspensão.

No treino de segunda-feira, Sidnei Lobo conversou separadamente com o atacante Fred, previamente confirmado como titular por Mano Menezes. Na zaga, Manoel será mantido ao lado de Leo, enquanto Rafinha, recuperado de desgaste muscular, e Lucas Romero são os principais candidatos às vagas de Arrascaeta e Edilson.

O provável time do Cruzeiro para enfrentar o Corinthians deve ser de: Fábio; Lucas Romero, Manoel, Leo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Fred.

 

 

Comentários
×