Cronograma de reposição de aulas é aprovado

Da Redação

 Foi aprovado em assembleia o cronograma que define o dia 10 de janeiro de 2019 como prazo para o fim do atual ano letivo. A reunião aconteceu na terça-feira, 11, e contou com a presença de membros da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemmd).

Cronograma

Apesar de a decisão de determinar o prazo para o fim do deste ano letivo em janeiro, cada unidade deve determinar seu próprio cronograma. Segundo o Sintemmd, cada escola deve repor as aulas de acordo com o tempo de adesão à greve.

Como nem todas as escolas entraram em paralisação ao mesmo tempo, foi decido pela não elaboração de um cronograma padrão. Segundo a Prefeitura, os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) Miguel Rodrigues Filho e Maria José Fernandes, além da Escola Municipal Dionísio Joaquim Rodrigues, encerraram a greve antes dos demais e voltaram às aulas ainda em novembro. Com isso, o fim das atividades será no dia 29 de dezembro, como definido pela Secretaria de Educação.

Greve

Em Divinópolis, 54 escolas da rede municipal de ensino entraram em greve. Foram quase 14 mil estudantes sem aula durante esse período.

A greve dos professores começou no dia 9 de novembro devido ao parcelamento e atraso dos salários. Em 4 de dezembro, os educadores anunciaram o fim da paralisação, e voltaram às atividades no dia 6.

Os pouco mais de 1.900 servidores da cidade entraram em acordo pelo fim da greve após audiência em Belo Horizonte. O acordo firmado definiu o parcelamento dos salários dos servidores em cinco vezes para o mês de outubro. A primeira parcela foi paga ontem, de acordo com a Prefeitura.

Ainda segundo informa a Administração, os atrasos no pagamento são ocasionados pela falta de repasse por parte do Governo de Minas. A dívida com Divinópolis é calculada em R$100 milhões.

Comentários
×