Cris Guerra volta a Divinópolis em outubro

Escritora aborda experiências próprias com bom humor em palestra

 

 

Jorge Guimarães

Dos diários da adolescência à criação de campanhas publicitárias. Das perdas precoces ao sucesso na web, Cris Guerra é muitas em uma. Publicitária, escritora, colunista, palestrante. Fala de moda sem ser superficial, aborda as perdas sem ser melodramática, conta histórias pessoais como se falasse de cada um de nós.

Cris aprendeu a não se levar tão a sério e é assim que enfrenta a vida, mostrando que ser forte nada tem a ver com ser pesado ou beligerante. Sua força mora na delicadeza. Em suas palestras ela conta as experiências próprias que foi compartilhando com os milhares de leitores e ouvintes. Seja para superar um problema, descobrir novos caminhos ou para alterar positivamente a atuação em equipe dentro da empresa, os temas são abordados de forma a transformar a inércia em vontade de agir, deixando a plateia envolvida e com um sentimento de poder. O resultado é um discurso envolvente, que contagia a plateia com otimismo e alegria.

Happy hour 

O público divinopolitano vai poder conferir de perto essas experiências, derrotas e vitórias no próximo dia 17 de outubro, das 17h às 20h, no Espaço Empresarial da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), no “Happy hour com Cris Guerra: a grande virada”.

Conteúdo 

Com bom humor até para compartilhar momentos difíceis, Cris toca o público com a sua história de superação, levando os participantes a refletirem sobre as adversidades como oportunidades disfarçadas, que só se concretizam com mudanças cruciais de pontos de vista e formas de agir.

A palestrante traz novos paradigmas sobre os caminhos para a construção do amor próprio, refletindo sobre a necessidade de se conectar aos verdadeiros anseios em vez de estar sempre com os olhos voltados para as expectativas dos outros. Ao falar sobre a importância do fracasso no aprendizado e no crescimento pessoal, mostrando que as crises podem ser excelentes motores, Cris mostra que temos, sim, escolhas diante delas. E convida o público a mudar seu ponto de vista, transformando os momentos difíceis em combustível para a grande virada.

— Nunca estamos preparados para o pior. Por outro lado, o pior pode ser o momento de finalmente conhecer aquilo de que somos capazes — define Cris Guerra.

A trajetória da convidada na internet começou em 2007, com o blog “Para Francisco”, que virou livro em 2008 e irá para os cinemas ainda em 2017. Logo em seguida estreou o primeiro blog de looks diários do Brasil, o “Hoje vou assim”. Em 2013, lançou o livro “Moda intuitiva”, que figurou na lista dos mais vendidos da revista “Veja”.

Seus livros e blogs a transformaram em uma formadora de opinião em moda e comportamento. Cris é também colunista da rádio BandNews FM, revistas “Canguru”, “Pais & Filhos” e “Veja BH”.

Em 2016 foi autora de dois livros: “Mãe” e “Que Ninguém Nos Ouça”. O primeiro, feito em formato pocket e lúdico, considerado como uma obra dedicada às mães. O segundo, produzido em parceria com a jornalista Leila Ferreira, traz um diálogo descontraído feito por e-mail e repleto de experiências e histórias sobre o mundo feminino. A obra teve grande repercussão na mídia.

Convites

Os convites para a happy hour serão gratuitos associados da CDL. Estudantes de moda pagam a entrada. As vagas serão limitadas. O pagamento e a retirada dos convites podem ser feitos na CDL em Divinópolis, até a data do evento.

 

 

 

 

 

Comentários
×