Crescem as vendas dos supermercados da região

Centro-Oeste teve segundo melhor resultado; acumulado já supera projeção para todo o ano

 

Jorge Guimarães

 As vendas dos supermercados mineiros ficaram praticamente estáveis no mês de agosto em relação a julho, com variação de 0,08%. É o que mostra o “Termômetro de Vendas”, pesquisa mensal realizada pela Associação Mineira de Supermercados (Amis) com empresas de todos os portes em todo o estado.

 O resultado mais importante, porém, foi o crescimento acumulado de janeiro a agosto que chegou a 1,82%. Esse índice, pela primeira vez, ultrapassa as projeções feitas pela Amis no início do ano de o setor supermercadista crescer 1,7% em vendas em 2017. O crescimento do resultado acumulado teve forte influência do desempenho, na comparação de agosto de 2017 com o mesmo mês de 2016: expansão de 3,79%. Sendo que os números já estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) definido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Motivo

Os avanços em agosto próximo sobre o mesmo mês  do ano passado e no acumulado do ano podem ser explicados por fatores como a continuação da melhora no nível de emprego; a recuperação na confiança do consumidor e a queda no preço da cesta básica, o que aumenta o poder de compra.

Para o superintendente da entidade, Claret Nametala,  boas notícias sempre são bem vindas, mas é preciso ter os pés no chão, comemorar é claro, mas sentir o mercado, ainda mais que está chegando o final do ano. Para isso, segundo ele, é preciso está  com a equipe em campo para levantamento junto aos supermercadistas para se colher dados mais detalhados para as vendas de final de ano.

— Números estes que deverão ser mostrados na 31ª Superminas, a qual vai ser apesar dos pesares, a maior da história da feira. No mais, os números dizem por si próprios e o otimismo na classe é positiva para enfrentar novos desafios  — avaliou o Agosto x julho

O desempenho praticamente estável em agosto sobre julho é tido como normal. Historicamente, o setor não registra crescimento elevado nessa comparação. Além disso, em muitos municípios houve o feriado de 15 de agosto, Assunção de Nossa Senhora, quando muitas lojas são fechadas ou têm horário de funcionamento reduzido.

Resultados

Assim, o número geral do estado ficou em positivo em 0,08%. E entre os números positivos, por regiões, a  Centro – Oeste foi a segunda em crescimento nas vendas atingindo 0,43%, perdendo somente para o Triângulo Mineiro que teve 0,80%. E entre as que tiveram números positivos a Central ficou com 0,13% e a Sul obteve 0,07%. Entre as negativas a região da Zona da Mata ficou com - 0,63%, Rio Doce com - 0,17% e a Norte com - 0,07

Superminas 2017

Empresários de todos os portes, mas com grande presença de pequenos negócios, na região Centro - Oeste estão preparam caravanas para participar do maior evento do varejo realizado no Brasil no segundo semestre. É o Congresso e Feira Supermercadista e da Panificação, Superminas Food Show/2017, que ocorre nos dias 17, 18 e 19 de outubro o Expominas, em Belo Horizonte

Considerado o maior evento do ramo no Brasil no segundo semestre, a 31ª Superminas deve receber 53,5 mil participantes de 650 municípios mineiros, de praticamente todos os estados e de vários países.

 

 

 

 

Comentários
×