Covid-19: PGR determina teletrabalho em todas as unidades do MPF no país

Da Redação

O procurador-geral da República, Antônio Augusto Aras, editou hoje portaria suspendendo, a partir desta quinta-feira, 19, as atividades presenciais do Ministério Público Federal (MPF) em todo o país.

Procuradores, servidores, estagiários e colaboradores deverão ficar de sobreaviso para atendimento preferencialmente remoto, de modo a permitir a manutenção integral do funcionamento do MPF, ainda que de forma remota. Objetivo é colaborar com os esforços coletivos para se evitar a propagação do coronavírus, com a redução de contatos pessoais e circulação em vias urbanas.

Desde a última segunda-feira, o MPF em Minas já vinha tomando medidas de prevenção e controle, por meio do afastamento de pessoas integrantes de grupos de risco, que foram colocadas em teletrabalho, e suspensão de eventos e atendimentos presenciais.

O MPF-MG, contudo, esclarece que continuará à disposição da população, executando suas atividades de forma remota.
 
Para entrar em contato com o MPF, os interessados devem acessar www.mpf.mp.br/mpfservicos.

Comentários
×