Covid-19: Estado recomenda restrições adicionais em Itaúna

Preocupação é com a disponibilidade de leitos

Da Redação

Apesar da Macrorregião Oeste continua na onda amarela do programa estadual Minas Consciente por pelo menos mais uma semana, o Comitê Macrorregião Covid-19 Oeste ressalta que a situação é de alerta. A recomendação é que todos os municípios da região "adotem, no mínimo, as recomendações da onda" e, em casos específicos avaliem novas restrições a fim de frear o avanço da doença. Uma das preocupações é com Itaúna.

— (...) sendo fundamental avaliar restrições adicionais nas regiões com dados piores, especialmente na microrregião de Itaúna, considerando a ocupação de leitos dos principais prestadores hospitalares da Macrorregião Oeste, tanto em relação aos leitos de UTI do SUS quanto dos leitos usados pela saúde suplementar  rede parcular) — comentou, em nota.

As demais localidades também devem garantir o cumprimento das normas de segurança sanitária.

— Importante destacar, ainda, que o cenário atual da pandemia de COVID-19 no estado de Minas Gerais é de alerta, apontando crescimento no número de casos e óbitos pela doença nas úlmas semanas. Isso exige ainda mais cautela em relação às ações de distanciamento social, bem como a necessidade dos municípios agirem de forma conjunta, já que a resposta assistencial tem uma lógica regional — finaliza.

Comentários
×