Coronavírus: projeto social já arrecadou mais de 400 máscaras para população vulnerável

Da Redação

Há quase uma semana, os comerciantes e trabalhadores de Divinópolis retomaram suas atividades. Cada setor deve seguir as normas de prevenção ao novo coronavírus (covid-19), como o uso obrigatório de máscaras, e funcionar apenas nos dias indicados pela Prefeitura. Diante disso, os alunos aprovados pelo RenovaBR Cidades, André Ferreira e Ana Paula Freitas, desenvolveram uma ação social para distribuir máscaras de proteção aos mais vulneráveis. Até o momento, cerca de 400 equipamentos foram recebidos.

Conforme explicou André, o foco do projeto é fornecer o material para os idosos e a população periférica. 

— É momento de união. Enquanto o poder público se esquiva da sua responsabilidade, nós cidadãos estamos fazendo nossa parte ajudando quem mais precisa e isso tem feito muita diferença no dia a dia das pessoas. Tem gente que não tem dinheiro pra comprar nem o que comer, será que essas pessoas vão ter dinheiro pra comprar máscaras? — reflete.

Os interessados em contribuir e doar máscaras para o projeto podem entrar em contato com os idealizadores: 

Ana Paula Freitas - (37) 98814-8897 

André Ferreira - (37) 99116-1541.

Renova

Mais de mil alunos organizaram em outubro de 2019, um ano antes das eleições municipais, o projeto "Renovar o Brasil". A proposta era reunir voluntários em ações de impacto social. Este ano, a proposta da nova turma do curso RenovaBR Cidades será focado em ações de combate e prevenção do coronavírus. Já existem 633 projetos inscritos em mais de 332 cidades de todas as regiões do Brasil. A maioria das ações serão voltadas à saúde e prevenção (218 projetos). Logo atrás, vem os projetos sociais e comunitários (201 projetos). 

 

Comentários
×