Coronavírus em Divinópolis: última semana teve o maior registro de casos suspeitos desde o início da pandemia

Número de casos confirmados foi o segundo maior também desde o início da pandemia

Da Redação

Os dados epidemiológicos de Divinópolis relativos à covid-19 do período compreendido entre os dias 15 e 21 de novembro – a 47ª semana epidemiológica – trazem a maior notificação de casos suspeitos desde o início da pandemia.

Durante a semana, houve 975 notificações – um aumento de 296 casos em relação à semana anterior –, totalizando 17.276 notificados.

As informações foram divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) nesta terça-feira, 24.

A semana também foi a segunda com maior confirmação de casos desde o início da pandemia.

Foram 107 confirmados na 46ª semana epidemiológica, e 137 na 47ª semana epidemiológica. O município tem 2.223 casos positivos.

Dados hospitalares

Entre os dias 15 e 21 de novembro, foi registrada média de 68 pacientes internados nas UTIs e enfermarias dos hospitais de Divinópolis.

O município conta com 74 leitos específicos de UTI para o atendimento de pacientes suspeitos, sendo 39 da saúde suplementar e 35 do SUS. O percentual médio de ocupação hospitalar nos leitos disponíveis para pacientes suspeitos do vírus na 47ª semana epidemiológica foi de 32,3%.

Os leitos de enfermaria disponíveis são 135, sendo 79 de saúde suplementar e 56 no SUS. Na semana epidemiológica em questão houve uma média de 40 pacientes suspeitos do vírus internados nos hospitais Santa Lúcia, Santa Mônica, São João de Deus, São Judas Tadeu e UPA Padre Roberto.

Veja os dados completos referentes à 47ª semana epidemiológica neste link.

 

Comentários
×