Coronavírus em Divinópolis: 'Nosso problema é muito maior do que conseguimos ver', alerta médica infectologista

Cidade ultrapassou marca de 20 mil casos suspeitos, mas apenas 19,4% foram testados

Ana Laura Corrêa

Nesta quinta-feira, 3, Divinópolis ultrapassou marca de 20 mil casos suspeitos de covid-19, chegando a 20.133 notificações.

Somente nas últimas 24h, foram registradas 440 novas suspeitas.

Também entre esta quarta-feira, 2, e hoje, houve 46 novos casos confirmados.

'Problema muito maior'

A médica infectologista e mestre em ciências da saúde Rosângela Guedes – que é também membro do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura e atende nos hospitais São Judas e Complexo de Saúde São João de Deus – alertou, no entanto, que o cenário é mais grave do que o mostrado pelos dados.

— Apenas 19,4% dos notificados foram testados e a positividade dos exames que estão sendo realizados é de 67,3%. Nosso problema é muito maior do que conseguimos ver. Se você consegue dimensionar isso, deve estar preocupado. Precisamos nos cuidar — alertou a médica em uma publicação nas redes sociais.

Dos 20.133 suspeitos, somente 3.950 foram testados – daí os 19,4% – sendo 2.651 confirmados (2.279 recuperados), 1.066 descartados e 233 em análise.

O boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira ainda traz que 34 pacientes estão internados em Centros de Terapia Intensiva (CTIs) e 46 estão em leitos de enfermaria.

A cidade registra 78 mortes em decorrência da covid-19. Dois óbitos são investigados.

 A taxa de isolamento no município está em 34%, a de letalidade em 2,94% e o ritmo de contágio em 1,1 – o que significa que cada grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 110.

Comentários
×