Controle é tudo

Israel Leocádio 

Olá! Como vai? Tem sido difícil não pensar ou falar do apagão do ano de dois mil e vinte, não é? Recordo-me do réveillon (festa, sorrisos, desejo de um ano de saúde e paz). Não pensava na possibilidade desse apagão mundial!  Hoje tem sido o assunto principal e a maior preocupação.

Penso que, em momentos como o que estamos enfrentando, pensar é importante. Buscar elaborar o assunto emocionalmente, extraindo da situação a melhor lição e encontrar as atitudes corretas. Estamos vivendo dias difíceis, contudo, não devemos pensar apenas na dificuldade, porque isso não é bom, bem como não é sábio. A Bíblia diz: “Nunca digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes? Porque nunca com sabedoria isso perguntarias” (Eclesiastes 7.10). O sentido dessa afirmação está no fato de que considerar que foi mais fácil para nossos antepassados é tolice. Eles tiveram seus próprios desafios e fizeram deles oportunidades para crescer, inventar... Você já considerou o fato de que nossos antepassados enfrentaram o mundo sem a tecnologia que temos? Sem o arsenal científico que combate doenças como temos? Realmente, para eles não foi mais fácil!

O que devemos pensar, diante do cenário que vivemos, é em esperança. Devemos ser positivos e acreditar em Deus. Isso mesmo: é preciso acreditar em Deus! Porque a grande questão aqui é: "Quem está no controle". A ciência avança, bem como todo o campo do conhecimento, porém, quem está no controle? Tente tirar Deus dessa resposta e você ficará sem esperança.

É preciso acreditar em Deus. É preciso dar um passo em direção a Ele. É preciso conhecê-lo melhor. Quem experimentou fazer isso (não religiosamente, não manipulado por pessoas de entendimento maligno), reconhece a importância de acreditar em Deus.

Penso que há razões para que o "acreditar em Deus" ajude-nos. Quero apresentar algumas.

Deus é misericordioso. Vejo aqui a principal razão para confiar em Deus. Porque as atitudes humanas não evoluíram como o seu saber. Antes, o ser humano involuiu, no que diz respeito ao seu caráter, tornando-se orgulhoso, egoísta, sem amor ao próximo. Contudo, Deus é misericordioso. Ele está sempre acreditando no homem (mesmo que o conheça). Assim diz a Bíblia: ”As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;
novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade” (Lamentações 3.22,23).

 

Deus é amor. Este atributo da natureza de Deus é nossa garantia de segurança. O Senhor não faz nada sem que esteja embasado no amor. Até mesmo a correção que Ele permite, permite com o objetivo de melhorar seus filhos. Pois que a Palavra diz: “Deus corrige ao filho que ama” (Hebreus 12.6). Nunca receberemos da parte do Senhor algo que não nasça primeiro no amor. O seu grande amor o faz adiar a ira sobre os homens. O seu amor o faz aguardar o arrependimento dos pecados. O seu amor preserva a todos.

Por fim, acredito que Deus é a ajuda de que precisamos, porque Deus está no controle. Nada, absolutamente nada ocorre no Universo que Deus não possa controlar. O mundo visível e invisível, conhecido e desconhecido, todas as coisas Ele controla. Não existe ajuda melhor! 

Porém esse Deus, espetacular e poderoso, deixou que nossas decisões sejam autônomas (ou seja, somos livres para arbitrar nossas escolhas), e, nisso, Ele não mudará. O Eterno pode tudo, mas não invadirá seu direito de desejar sua ajuda. Logo, cabe a cada um a compreensão de que necessitamos d’Ele. Enquanto acharmos que resolvemos tudo e somos autossuficientes, andaremos como temos andado. Mas essa decisão é individual. Se você reconhece a necessidade, Ele irá ao seu encontro. Não para levar palavras de conforto, mas fará por você algo mais que palavras, levará socorro. Basta crer e chamar por Ele.

 

Israel Leocádio

 

Comentários
×