Contrato de carro alugado que custou R$ 50 mil aos cofres públicos em 2020 é cancelado

Da Redação

Através de apuração de contas dos anos anteriores, a Secretaria Municipal de Educação cancelou o contrato de carro alugado, que custou aos cofres públicos municipais o valor de R$103.284,25 (cento e três mil, duzentos e oitenta e quatro reais e vinte e cinco centavos) em 2019 e R$48.899,84 (quarenta e oito mil oitocentos e noventa e nove reais e oitenta e quatro centavos) em 2020, período de aulas remotas e pandemia.

O serviço prestado atendia demandas de transporte dos setores da Semed, como por exemplo, visitas de pessoal às unidades de ensino e traslado de documentos entre as repartições públicas. Com a pandemia da covid-19 parte das atividades presenciais foram substituídas por atividades remotas e houve diminuição significativa nas demandas para o serviço, "justificando a descontinuidade do contrato, além do alto custo observado pela administração".

— Para que o transporte continue acontecendo e o serviço mantenha sua agilidade, as gerências Administrativa e de Análise de Custos e Controle Orçamentário da Semed o reorganizaram, solicitando revisões nos veículos da secretaria e elaborando estratégias de utilização consciente destes recursos tão importantes — explicou a Prefeitura.

Comentários
×