Contação de histórias anima o fim de semana

Jorge Guimarães   

Ler e vivenciar histórias sempre foi uma forma de incentivar a imaginação e criatividade, principalmente em se tratando das crianças. Mas, na correria dos tempos atuais, os livros estão sendo deixados de lado e aquele mundo encantado de fadas, castelos e aventuras aos poucos vão dando lugar para os smartphones, tablets e computadores. A prática, que há pouco tempo era considerada do cotidiano familiar, já não traz benefícios para a relação entre pais e filhos. Monteiro Lobato, só para citar um dos mais importantes nomes da literatura infantil, sequer é conhecido pela maioria da criançada.

Cidade das histórias

Mas, na “Cidade do Divino”, a arte da contação de história é muito presente e fecunda. São diversos contadores, dos mais variados estilos. Por isso, recentemente, Divinópolis foi eleita a “Cidade das Histórias”. Isso porque, dificilmente, haverá outro município com tantos grupos, artistas e eventos relacionados a esta modalidade artística.

Era uma vez...

E, mais recentemente, surgiu um novo evento que tem atraído pais e crianças para divertidas sessões de histórias. É o “Era uma vez... na Loreto”, evento que acontece todos os sábados, sempre às 10h30, na loja da Loreto Bookstore, no segundo piso do Shopping Pátio Divinópolis.

Pai e filha

Quem comanda a contação neste evento é a dupla Juvenal e Mariana Bernardes, pai e filha, contadores de histórias. Encontro que se tornou um bom programa para toda a família nas manhãs de sábado.

— Você também vai viajar na imaginação e viver grandes aventuras que só as histórias são capazes de proporcionar. Contar histórias é da natureza humana, mas não basta contar, tem que encantar. Procuro ensinar as crianças a escutar e criar seu mundo de imaginação e, assim, transportá-las para dentro da história — fala Juvenal Bernardes. 

Comentários
×