Construção civil confiante há seis meses

Pablo Santos

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) mantém a confiança por seis meses. Em outubro, marcou 57,4 pontos, representando um avanço de 2,3 pontos frente a setembro (55,1 pontos).

Na comparação com outubro de 2018 (49,7 pontos), o indicador cresceu 7,7 pontos, o mais alto para o mês em oito anos. O Iceicon nacional recuou 0,4 ponto na passagem de setembro (59,2 pontos) para outubro (58,8 pontos). No entanto, o patamar permaneceu acima dos 50 pontos, revelando que os empresários do setor no país também estão confiantes.

— O crescimento pode ser explicado pela melhora tanto na avaliação das condições atuais de negócio quanto nas expectativas para os próximos seis meses. O indicador segue acima dos 50 pontos há seis meses, sinalizando que os empresários do setor estão confiantes — apontou a nota técnica da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

O cálculo da confiança é resultado da ponderação dos índices de condições atuais e de expectativas, que variam de 0 a 100 pontos. Valores acima de 50 pontos apontam percepção de melhora na situação atual e expectativa positiva para os próximos seis meses, respectivamente.

— O componente de condições atuais cresceu 1,0 ponto na comparação com setembro (50,4 pontos) e marcou 51,4 pontos em outubro, refletindo a satisfação dos construtores com a situação da economia brasileira e de suas empresas. O indicador, que manteve-se acima dos 50 pontos pelo segundo mês seguido, aumentou expressivos 7,9 pontos frente a outubro de 2018 (43,5 pontos) e foi o mais elevado para o mês desde 2012 (52,8 pontos) — destacou.

Melhor

Ainda conforme os dados da pesquisa da Fiemg, o componente de expectativas marcou 60,4 pontos em outubro, avanço de 3,0 pontos frente a setembro (57,4 pontos). O resultado revela maior otimismo dos construtores quanto à economia do país e do estado e com relação às suas empresas para os próximos seis meses. O índice avançou 9,4 pontos frente a outubro de 2018 (51,0 pontos) e foi o melhor para o mês desde 2011 (66,0 pontos).

Comentários
×