Construção abre vagas em Divinópolis e otimismo aumenta

 

Pablo Santos 

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) voltou a ultrapassar a marca de 50 pontos em setembro. O resultado aponta otimismo dos empresários. Em Divinópolis, foram criadas vagas de trabalho, ao contrário do ano passado, quando foram cortadas oportunidades formais de emprego.

De acordo com a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), coordenadora do levantamento, o Iceicon-MG, atingiu 51,3 pontos em setembro, avançando expressivos 6,4 pontos em relação a agosto com 44,9 pontos.

— Ao ultrapassar a linha dos 50 pontos, que separa a confiança da falta dela, o Iceicon do mês de setembro marca a recuperação do otimismo dos empresários do setor— apontou a nota técnica do Iceicon.

De acordo com o levantamento, este foi o melhor resultado desde dezembro de 2013 (52,0 pontos) e ficou acima da sua média histórica, de 49,7 pontos.

No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o indicador registrou alta de 7, 8 pontos e, em 12 meses, o incremento foi de 3,7 pontos. O índice nacional também cresceu na passagem de agosto (50,3 pontos) para setembro (53,4 pontos) e sinalizou confiança dos empresários, ao permanecer acima dos 50 pontos.

— O aumento decorreu da melhora das percepções dos empresários sobre o momento atual, assim como das expectativas em relação ao futuro da economia no curto prazo — destacou a nota técnica.

O índice de condições atuais de negócio cresceu significativos 8,9 pontos, saindo de 39,5 pontos em agosto para 48,4 pontos em setembro, aproximando-se da linha divisória dos 50 pontos. O indicador foi o melhor desde fevereiro de 2013 (48,9 pontos) e ficou acima da sua média histórica, de 42,0 pontos.

— O índice de expectativas, componente que avalia a confiança dos empresários em relação ao desempenho da economia nos próximos seis meses, ultrapassou a barreira dos 50 pontos em setembro, sinalizando perspectivas positivas — finalizou a nota.

 Emprego

No ano passado, as empresas da construção civil em Divinópolis fecharam oportunidades, de acordo com o Ministério do Emprego e Trabalho. De janeiro a setembro de 2016, foram encerradas 230 oportunidades de emprego.

Neste ano, o cenário é diferente. No mesmo período de 2017, as empresas da construção da cidade abriram 122 vagas formais. Na cidade são 2.394 empregos formais do setor com 755 empresas registradas, segundo o Ministério do Emprego e Trabalho.

 

 

 

 

Comentários
×