Conselho Técnico do Módulo II será na próxima terça-feira

Clubes se unem para discutir adiamento do início do estadual para o segundo semestre

José Carlos de Oliveira

Encerrado o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão no último fim de semana, com a definição dos novos integrantes do Módulo II – o campeão Aymorés, da cidade de Ubá, e o vice União Luziense, de Santa Luzia – a Federação Mineira de Futebol (FMF), por meio de seu departamento técnico já se movimenta para definir como será a disputa do estadual em 2021. 

Na terça-feira, 2, a entidade divulgou edital convocando representantes dos doze clubes que participarão do Módulo II nesta temporada para a reunião do Conselho Técnico, que definirá detalhes da edição deste ano do campeonato, como data de início, regulamento, tabela e inscrição de jogadores.

Arbitral

A reunião do Conselho Técnico, com a participação dos doze clubes com direito a participar do Módulo II, ficou marcada para a próxima terça-feira, 9, às 14h, de modo remoto, por meio da plataforma de conferências Zoom ‒ cujo link de acesso será enviado nos próximos dias pela entidade por e-mail aos clubes participantes ‒, para definir todos os detalhes referentes ao estadual.

Participantes

O Campeonato Mineiro do Módulo II 2021 terá a participação de doze clubes, com os times do Aymorés de Ubá e do União Luziense, de Santa Luzia, estreando este ano na competição. Além deles, participam do Arbitral representantes do Villa Nova, de Nova Lima, e do Tupynambás, da cidade de Juiz de Fora, que foram rebaixados do Módulo I no último ano, e mais os oito times remanescentes da última edição do torneio: Guarani de Divinópolis, Betim Futebol (Betim), Clube Atlético Serranense (Nova Serrana), Democrata Futebol Clube (Sete Lagoas), Esporte Clube Democrata (Governador Valadares), Ipatinga Futebol Clube (Ipatinga), Nacional Atlético Clube (Muriaé) e Tupi (Juiz de Fora).

Movimento

Já há algumas semanas, representantes de equipes que participarão do Módulo II deste ano têm mantido contato para encontrar um consenso sobre os assuntos a serem levados para serem definidos no Arbitral. O diretor técnico da Federação Mineira de Futebol, Leonardo Barbosa, já deixou claro que a entidade acatará a vontade da maioria, e se cumprindo sua palavra há boa possibilidade de o início do estadual ser postergado para o segundo semestre.

De acordo com o calendário da Federação Mineira, o Módulo II deve começar em abril, mas, prevalecendo a vontade dos representantes de clubes, o início da disputa deve ser adiado para junho ou julho. O pensamento dos dirigentes é de que o Módulo II só aconteça quando a situação referente à pandemia da covid-19 já estiver sob controle, e as autoridades em saúde possam permitir a volta do público aos estádios. 

A ideia defendida pela maioria dos dirigentes é que o estadual tenha início quando a torcida já puder ir aos estádios, e tenham mais facilidade para encontrar receitas para custear suas participações no estadual, evitando que se repita o drama no ano passado, quando todos os clubes amargaram enormes prejuízos no campeonato, causados principalmente pela pandemia e falta de torcedores nos campos de futebol.

 

 

Comentários
×