Conselho Técnico define início do Módulo II para mês de julho

Guarani estabelece que jogos no Farião serão às 10h nos domingos e às 15h nas quartas-feiras

José Carlos de Oliveira

O Campeonato Mineiro do Módulo II 2021 será disputado a partir do mês de julho. Na última terça-feira, 8, em reunião que aconteceu de maneira remota, para atender às exigências das autoridades em saúde em tempos de pandemia da covid-19, os representantes dos doze clubes participantes da competição e dirigentes da Federação Mineira de Futebol (FMF) definiram detalhes do estadual para este ano. 

A reunião

O encontro foi comandado pelo presidente da FMF, Adriano Guilherme de Aro Ferreira. A entidade também foi representada na reunião pelo seu secretário geral, Daniel Las Casas, e pelo diretor de Competições, Leonardo Barbosa. A reunião na última terça-feira se deu para atender às exigências do Estatuto do Torcedor, que determina que uma competição deve ter seu regulamento aprovado com um mínimo de 60 dias antes do início da disputa ‒ e havia a possibilidade de o Módulo II ocorrer ainda no primeiro semestre, começando em abril.

Além dos dirigentes da Federação, participaram da reunião representantes do Guarani (Marcus Borges), Betim Futebol, Serranense, Democrata de Sete Lagoas, Democrata de Governador Valadares, Ipatinga, Nacional de Muriaé, Aymorés, Tupi, Tupynambás, União Luziense e Villa Nova.

Como já era esperado, por acordo que vinha sendo feito entre os clubes já há algum tempo, a Federação acatou a sugestão dos dirigentes dos times e definiu o início do estadual do Módulo II para o mês de julho, no dia 3, um sábado, e término em 2 de outubro. As datas podem ser modificadas para atender a interesses da competição e não há a possibilidade de o campeonato começar antes da data previamente determinada.

Sistema de disputa

Cumprindo o Estatuto do Torcedor, que estipula que um regulamento deve ser seguido por no mínimo duas edições, o Módulo II 2021 será realizado nos mesmos moldes do ano passado. Os doze times se enfrentam em turno único e passam à segunda fase os quatro melhores colocados ao término das onze rodadas. Os dois últimos são rebaixados para a Segunda Divisão em 2022. 

No quadrangular final, as equipes jogam entre si em turno e returno, e o campeão é o time de melhor índice técnico nas seis rodadas. Os dois primeiros colocados do quadrangular garantem o acesso ao Módulo I do futebol mineiro em 2022.

Outros detalhes da disputa em 2021

Protocolo - O protocolo sanitário será o mesmo respeitado no retorno das atividades do futebol mineiro, ainda em 2020, com pequenas alterações a serem confirmadas pelas autoridades de saúde do Estado e em cada município.

Registro de atletas - Os jogadores deverão ser inscritos até o dia 30/06, para que haja tempo hábil para inserção no sistema da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os atletas estejam em condição de jogo para o dia de início da disputa. Poderão ser registrados atletas até o dia 03/09, véspera do início do quadrangular decisivo.

Limite de idade - Cada clube poderá inscrever 30 atletas. O grupo pode contar ainda com um número irrestrito de jogadores acima dos 24 anos, mas somente poderão ser utilizados sete atletas com idade superior por jogo.

Inscrição extra - Os clubes classificados para o quadrangular final poderão alterar a lista de 30 inscritos com a troca de cinco jogadores.

Acesso de público - Ficou acertado entre os representantes de clubes, no Conselho Técnico, que o acesso de público aos estádios será permitido, caso as autoridades de saúde em cada município entenderem ser assim possível, atendendo sempre à realidade de cada cidade e região.

Horário dos jogos - Na reunião do Conselho Técnico, cada clube definiu os horários em que fará seus jogos como mandantes. O Guarani, representado por Marcus Borges, trouxe uma novidade para este ano. O Alvirrubro pretende jogar suas partidas no Farião pela manhã, aos domingos (10h) e à tarde nas quartas-feiras (15h).

Comentários
×