Conselho Técnico define estadual com mudanças e menos uma data

Clubes do interior ganham duas novas competições para disputar em 2020

Clubes do interior ganham duas novas competições para disputar em 2020

José Carlos de Oliveira

Uma reunião na tarde de ontem na sede da Federação Mineira de Futebol (FMF), em Belo Horizonte, definiu um novo formato para a disputa do Módulo I do Campeonato Mineiro na próxima temporada.

No encontro entre dirigentes da Federação e representantes de clubes, prevaleceu a vontade dos times da capital. O Campeonato Mineiro de 2020 terá mudanças, com a subtração da fase de quartas de final, diminuindo uma data da disputa – agora serão apenas 15 jogos para os finalistas.

Participantes

Estiveram representados no encontro e participam do Módulo I do estadual as equipes do América, Atlético, Boa Esporte, Caldense, Coimbra – campeão do Módulo II em 2019 –, Cruzeiro – atual bicampeão estadual –, Patrocinense, Tombense, Tupynambás, Uberlândia, URT e Villa Nova.

Fórmula de disputa

Para 2020, o Módulo I não terá mais as quartas de final, com apenas 15 datas sendo reservadas para a competição. Os doze times se enfrentam em turno único, passando às semifinais os quatro melhores colocados ao término das onze rodadas. Eles se enfrentam no sistema olímpico (1º x 4º, e 2º x 3º) em jogos de ida e volta. Os vencedores disputam o título, também em duas partidas.

O Módulo I do Campeonato Mineiro de 2020 começa em 22 de janeiro, uma quarta-feira, e terá sua final no dia 26 de abril (domingo). Não haverá jogos em 22 de fevereiro, sábado de Carnaval.

Disputa para o interior

Os clubes do interior também saíram vitoriosos na reunião de ontem na FMF, pois ganharam duas novas competições a partir do ano que vem: o Troféu Inconfidência – com a participação das equipes que terminarem o estadual de 5º a 8º lugares – e a Recopa, que será disputada em jogos de ida e volta, reunindo o campeão do interior – melhor time do interior na fase de classificação – e o vencedor do Troféu Inconfidência.

Comentários
×