Consciência Negra é tema de seminário na Câmara de Divinópolis

Da Redação

O Seminário Étnico, Racial e Educacional Consciência Negra foi realizado na manhã desta quarta-feira, 20, na Câmara de Divinópolis em parceria com o Movimento Negro Unificado de Divinópolis (Mundi). Durante toda a manhã, autoridades municipais, representantes de grupos sociais, educadores, alunos, professores e participantes conversaram sobre o Dia da Consciência Negra, celebrado hoje, e a importância do povo e da cultura africana no Brasil. Apresentações artísticas, debates e exposição de trabalhos realizados na rede de ensino também fizeram parte da programação.  

Temas como racismo, empregabilidade, educação e a importância de políticas públicas voltadas para a população negra também foram abordados.

— É fundamental contarmos a história, a ancestralidade da população negra. E hoje, por meio desse seminário, temos um debate profundo e adequado sobre esse tema. É um sentimento de felicidade e união que me emociona — frisou a coordenadora do Departamento de Políticas Sociais do Sind-UTE em Divinópolis, Maria Catarina Laborê, que também destacou a aprovação Lei 10.639/03, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira".  

Para a vereadora Janete Aparecida (PSD), presidente da Comissão de Igualdade Racial da Câmara, é fundamental debater e discutir a consciência negra todos os dias. 

— Não é só em novembro. Ela tem que ser debatida todo dia e por todos nós. Infelizmente, o racismo acontece todos os dias e é uma pauta a ser enfrentada por todos nós — afirmou.  

Em entrevista, o vereador Renato Ferreira (PSDB) destacou a união e o trabalho social e humano desenvolvido em Divinópolis pelos grupos e movimentos de valorização da cultura afrodescendente. 

— Esse evento de hoje é uma celebração, um momento de mostrar toda a riqueza e valor do negro em nossa sociedade. Também é momento de debate, reflexão e ação em prol de uma sociedade mais justa, igualitária, sem racismo, sem preconceito e valores que não podem, em hipótese alguma, ser tolerados — declarou. 

Comenda Consciência Negra  

Na noite desta terça-feira, 19, a Câmara Municipal de Divinópolis realizou a entrega da Comenda Consciência Negra 2019. O evento teve inicio às 19h, e, ao todo, foram concedidas 17 honrarias, por meio da indicação dos vereadores e Comissão da Igualdade Racial. 

— Os homenageados foram escolhidos após um trabalho de avaliação de ações em prol da justiça e promoção da igualdade racial, e o Poder Legislativo marcou presença nesse debate tão importante em nossa sociedade. O nosso desejo é que todos os homenageados e homenageadas façam desta honraria um baluarte de luta pelo respeito, igualdade e valorização da população negra — discursou o presidente da Câmara, Rodrigo Kaboja (PSD). 

Comentários
×