Confecção de Divinópolis tem melhor setembro em 5 anos

 

Pablo Santos 

A indústria da confecção divinopolitana reverteu a sequência negativa de fechamento de postos de trabalho registrada nos últimos três anos para o mês de setembro. A cidade fechou com saldo positivo e, em dois meses, foram criadas 89 vagas de trabalho com carteira assinada no polo confeccionista local, de acordo com os dados do Núcleo de Pesquisas Econômicas do Vestuário (Nupev), com base nos números do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).  Outro fator relevante é o melhor resultado para o período em cinco anos. 

Conforme a pesquisa do Nupev, em setembro, a cidade abriu 30 oportunidades de trabalho. O resultado é o inverso dos últimos três setembros. Em 2014, por exemplo, a cidade encerrou 25 vagas no período. No ano seguinte, outras 29 vagas de empregos foram encerradas e, em 2016, outras 22 no mesmo mês. 

O resultado de 30 vagas criadas é o melhor em cinco anos para o mês de setembro. Em 2012 foram 20 abertas e, no ano seguinte, outras 17, no nono mês do ano. 

Com o resultado de 30 vagas formais, a cidade completa dois meses com abertura de oportunidades. Com os 59 postos de trabalho criados em agosto, Divinópolis abriu 89 vagas em dois meses. 

  

Polos 

 

Depois de ficar em primeiro lugar com maior abertura de emprego formal em agosto entre os polos confeccionistas de Minas Gerais, Divinópolis ficou em segundo em setembro com maior volume de postos de trabalho abertos. 

O primeiro lugar foi Muriaé na Zona da Mata com 37 oportunidades formais criadas, depois aparece Divinópolis com as 30. Na sequência, Formiga com seis vagas abertas e Juiz de Fora apenas um. 

— O pior resultado foi no polo de Belo Horizonte que 

registrou saldo negativo de um emprego  — afirmou um dos coordenadores da pesquisa, Antônio Guimarães Campos.   

  

Acumulado 

 

Apesar dos bons resultados de setembro, os números do polo confeccionista de Divinópolis, no acumulado do ano, são negativos quando se compara com 2016. 

De acordo com os dados do MTE, foram encerradas de janeiro a setembro, 331 oportunidades formais em Divinópolis. No mesmo período do ano passado, este número de corte de vagas foi menor chegando a 145. 

Comentários
×