Concessionária orienta para prevenção de acidentes com carga

Viaduto do Quintino amplia a capacidade de tráfego; duplicações do trecho foram finalizadas

Da Redação

Sonho antigo dos moradores, inclusive alvo de cobranças e protestos por quem habita na região, as obras do viaduto de retorno, próximo ao bairro Quintino, foram concluídas.  Além do novo trecho como retorno em dois níveis, foram finalizadas as duplicações do trecho do km 130+000, próximos à base da Polícia Militar Rodoviária Estadual, até o km 132,800 onde está localizado o viaduto. Assim, os usuários do bairro, cuja entrada fica no km 131,850, que pretendem ir para o Centro da cidade ou seguirem sentido a Belo Horizonte, poderão fazer o retorno pelo viaduto. 

A melhoria do trecho amplia a capacidade de tráfego e as condições de segurança da MG-050, beneficiando cerca de 20 mil motoristas diariamente. Foram investidos cerca de 10,4 milhões.

— [...] contribuirá para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da região, com maior desenvoltura no escoamento da produção econômica, atratividade de grandes empresas e no deslocamento da população da região para capital mineira e também em direção ao estado de São Paulo — destacou a empresa.

Alerta

Rodovias são estradas de grande preocupação para as autoridades, especialmente pelo risco de acidentes. Além da imprudência, outros fatores podem contribuir para colisões e capotamentos. Um deles são materiais como terra, minério, madeira e restos de construção mal acondicionados que caem dos veículos. Diante da preocupação, a AB Nascentes das Gerais, responsável pelo sistema MG-050/BR-265/BR-491, emitiu um alerta aos motoristas.

O gerente de operações da concessionária, Marcelo Aguiar, explicou que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) dispõe sobre veículos que estiverem trafegando com carga exposta, inclusive com previsão de punição.

— Essa resolução alerta sobre o transporte de cargas de sólidos a granel nas vias abertas à circulação pública em todo o território nacional e o CTB afirma, inclusive, que esses veículos podem ser multados sem ser obrigatório abordar o motorista — destacou. 

Regras

Por isso, os motoristas e demais responsáveis pelo transporte da carga devem seguir as orientações básicas.

— A carga deve ser acomodada de maneira uniforme sobre todos os eixos, ficando a parte mais pesada no meio. Assim, evita que o caminhão sobrecarregue peso em apenas um dos lados e ocorra a queda de cargas na via. Além disso, o veículo deve ser adequado ao conteúdo a ser transportado, ou seja, cada tipo de carga exige um veículo adequado. Por exemplo, cargas longas como tubos e postes não devem ser transportadas por caminhões que não possuem as dimensões necessárias para acomodá-las — detalha o gerente.

Para além do cuidado com cada tipo distinto de material a ser transportado, outro fator a ser observado é a condição do veículo e a qualificação do condutor. 

— Já os motoristas devem ser orientados sobre o acondicionamento das cargas para transportar adequadamente os materiais e prevenir que algo se desprenda da carroceria ou tombe em alguma curva. A lona e a forma de acondicionar evita acidentes — finaliza. 

 

Comentários
×