Como vai você?

Renata Rachid

A pandemia provocou mudanças em toda a sociedade. O aumento das pressões, o isolamento social, o medo, a incerteza e as perdas decorrentes da covid-19 são mesmo desafiadores. Por isso, falar de saúde mental é mais urgente do que nunca e a conscientização é essencial para redução dos índices de suicídio.

Ao longo deste Setembro Amarelo, mês de prevenção do suicídio, as pessoas costumam estar mais abertas para se informarem sobre a importância de buscarem apoio. O Centro de Valorização da Vida (CVV) trabalha esse tema durante todo o ano. Diversas ações on-line, como palestras e debates, são promovidas.

Acolher sem criticar, conversar sem julgar, compreender os sentimentos daqueles que passam por momentos de tristeza, ansiedade, medo ou sensação de solidão compõem a filosofia da CVV.

Todos nós podemos e devemos incorporar essas atitudes no nosso dia a dia, seja com um amigo, um colega de trabalho, com um familiar ou alguém que esteja precisando apenas ser escutado. Se você estiver precisando conversar, ligue 188 ou acesse o site www.cvv.org.br. Mas, se quiser se tornar um voluntário, também é possível se inscrever por lá. Vamos aproveitar o movimento do Setembro Amarelo para, juntos, garantirmos que a saúde emocional possa ser discutida sempre!

Pessoas precisam de pessoas! 

Beijos de luz!

@renatanrachid

Verão

As novidades da coleção Bahia não param de chegar na Kilômetro Quadrado.

Visite a loja! Por lá, você encontrará peças lindas, versáteis e essenciais para o verão. Além disso, contará com uma superequipe, preparada para te atender e auxiliar na escolha de looks para um visual perfeito de acordo com seu estilo! @kilometroquadrado

Plantas Detox

Você sabia que sua casa ou ambiente de trabalho podem estar poluídos ou até mesmo intoxicados? O motivo disso é que quase tudo o que temos e usamos no ambiente interno libera gases chamados Compostos Orgânicos Voláteis (COVs). Seus móveis, suas roupas, a tinta da parede, o piso, o revestimento, os plásticos, tudo isso libera os chamados COVs. Você já tinha se atentado para isso ?!

Esses compostos podem, inclusive, causar danos à saúde. E como evitar esses problemas, já que é quase impossível viver sem esses produtos? Se cuidarmos da natureza e tivermos vegetação a nossa volta tudo se equilibra. Essa é a dica preciosa de hoje: cultive plantas despoluidoras. Elas têm propriedades vantajosas no quesito eliminar químicos tóxicos do ar.  Existem várias espécies e eu trouxe algumas delas abaixo como exemplos.

Basta escolher e cultivar para purificar seus ambientes!

Se interessou pelo assunto?

Existe uma ciência que produz estudos e pesquisas sobre esse tema, chamada fitorremediação.

Dê um Google e saiba mais!

Sansevieria trifasciata (Espada de São Jorge). Segundo estudos, ela filtra os tóxicos benzeno, xileno, formaldeído, tolueno e tricloroetileno presentes nos ambientes internos.

Aloe vera (Babosa). Ela filtra o tóxico formaldeído.

Chlorophytum comosum (Clorofito). Ele filtra o gás carbônico e o ozônio.

Spathiphyllum wallissi (Lírio da paz). Filtra benzeno, xileno, formaldeído, tolueno e tricloroetileno.

Descanso 

Marco Aurélio Braga está curtindo lindos dias em Búzios (RJ), cenário perfeito para recarregar as baterias e retornar com pique total.

Live

Hoje, 15, às 19h, a psicóloga Dayane Pedrosa da @ame.saudepsicologica e a dermatologista Lívia Prata farão uma live sobre doenças de pele e a influência de fatores psicológicos.

A live será transmitida pelo perfil da dermatologista: @liviaprata.dermatologista.

Imperdível!

Velinhas

Diogo Donato, vulgo “Seu Gouvêa”, soprou velinhas ontem.

Parabéns!

Coment√°rios
×