Comitê Gestor da Política Municipal sobre Drogas reinicia atividades hoje

Da Redação

O Comitê Gestor da Política Municipal sobre Drogas decidiu iniciar o serviço da equipe de abordagem noturna para a população em situação de rua, que estava paralisado devido à pandemia. As ações terão início nesta segunda-feira, 8, e serão realizadas de segunda a segunda, das 19h às 00h. O objetivo é sensibilizar e encaminhar para tratamento adequado as pessoas em situação de rua com dependência química. 

No dia 21 de maio, o Comitê se reuniu com a presença do secretário de Governo, Roberto Chaves, secretário de Saúde, Amarildo Sousa, secretário de Assistência Social, Juliano Prado, a diretora sobre Drogas e Direitos Humanos e presidente do Conselho Municipal de Drogas, Luciana Capanema, e o presidente do Sincondiv, Sérgio Bebiano, para discutir as ações que serão realizadas para auxiliar e dar andamento no serviço. 

As ações terão início com o auxílio de 50 voluntários da sociedade civil, que serão divididos em equipes de abordagem após terem passado por capacitações. O desenvolvimento do trabalho conta também com a parceria do Centro Espírita Jesus de Nazaré, por meio da captação de voluntários, que também vão fornecer lanches e roupas para as pessoas que serão abordadas.

O serviço contará ainda com um novo instrumento desenvolvido pelo professor Richardson Miranda, da UFSJ, que realizará o cadastro da população em situação de rua.

De acordo com o Richardson Miranda, esse instrumento vai auxiliar no desenvolvimento do serviço.

— Nós vimos a necessidade de criar um instrumento no qual a gente possa coletar dados dessa população, para que possamos fazer uma monitoração e obter informações, como sexo, idade, cidade de origem, regiões onde eles circulam, situação socioeconômica, se possuem problemas de saúde ou não. Após obter essas informações nós vamos conseguir mapear as regiões de Divinópolis, entender por que eles estão ali e assim trabalhar em conjunto para ajudar a reinserir essas pessoas na sociedade — concluiu. 

Segundo Luciana Capanema, a volta das ações é de extrema importância.

— O Comitê Gestor de Políticas sobre Drogas entendeu que nesse momento específico de pandemia a equipe de abordagem noturna é de fundamental importância para um plano de contingência adequado, evitando a contaminação pelo coronavírus e dando mais dignidade aos dependentes químicos em situação de rua — destacou.

Sérgio Bebiano ressalta ainda a importância da união do poder público e a sociedade civil para minorar o sofrimento das pessoas que estão em situação de rua.

— Após nossa divulgação na mídia convidando a população para participar deste projeto, ficamos impressionados com a quantidade de pessoas  que se voluntariaram para compor as equipes de abordagem noturna e que estão empenhadas a ajudar a população em situação de rua mesmo neste momento de pandemia — comentou.

As pessoas que quiserem fazer parte da equipe de abordagem noturna podem procurar a Diretoria sobre drogas e Direitos Humanos, na rua Pernambuco, 60, 9º andar ou entrar em contato no número (37) 99112-4098 e falar diretamente com Luciana.

Comentários
×