Comissão de Saúde reforça cobrança por Hospital Regional

Da Redação

Os vereadores Zé Braz (PV), Israel da Farmácia (PDT) e Lohanna França (CDN), presidente, secretário e membro, respectivamente, da Comissão de Saúde, Meio Ambiente e Ciência da Câmara reforçaram a cobrança para o início de funcionamento do Hospital Regional para ampliar o número de leitos de CTI e enfermaria na região. O ofício foi enderaçado ao superintendente regional de Saúde, Julio Barata e ao secretário de Estado de Saúde (SES-MG), Fábio Baccheretti.

Confira, na íntegra, o conteúdo do documento:

 

No dia 25 de março foi aprovada junto ao Conselho do CIS-URG Oeste, que possui caráter deliberativo, fiscal e técnico, a proposta de assinatura do convênio voltado para a realização de obras de adequações no Hospital Público de Divinópolis, as quais transformariam parte dele num Hospital de Campanha para atendimento especial de casos COVID-19. Com total apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (SEMUSA), foram providenciadas as documentações exigidas para o convênio dentro do prazo indicado de três dias úteis.

A SES, após análises, informou ao Conselho do CIS-URG sobre algumas pendências, as quais foram sanadas. Contudo, desde o dia 06 de março deste ano, a aprovação da abertura do Hospital continua com o status de “nova análise técnica”, aguardando decisão do Estado. Enquanto isso, o CIS-URG trabalha em outras frentes, tais como a organização de um banco de dados de profissionais, a estruturaçaõ de aquisições e locações de equipamentos, dimensionando a necessidades de insumos e medicamentos, bem como o fornecimento de gases.

Sendo assim, solicitamos que o governo do Estado realize COM URGÊNCIA a nova análise técnica, considerando que a Macroregião possui mais de 60 pacientes aguardando leitos de CTI, além de 80 outras pessoas aguardando leitos de enfermaria. 

Comentários
×