Comissão de Saúde fiscaliza leitos do SUS no CSSJD

Da Redação

Na manhã desta quarta-feira, 3, a Comissão de Saúde, Meio Ambiente e Ciência, composta pelos vereadores Zé Braz (presidente), Israel Mendonça (secretário), e Lohanna França (membro), visitou o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD). O vereador Ney Burguer também foi convidado para a reunião.

A finalidade da visita ao hospital foi para fiscalizar como estão sendo feitos os atendimentos e as ocupação dos leitos de internações, do Sistema Único de Saúde (SUS).  Os vereadores percorreram os setores 04, 06 e 08, bem como na ala pediátrica, maternidade e oncológica, se estendendo ao CTI adulto, CTI infantil e Sala Vermelha.

Durante a visita, foi constatado pelos vereadores a lotação em praticamente em todos os setores: há apenas uma vaga para internação para mulheres, que é localizada no setor 04, sete vagas para internação SUS, na ala pediátrica, duas vagas para internação CTI infantil e uma vaga para internação CTI adulto.

— Em relação à estrutura física das áreas de internação via SUS, observamos que há uma falta de manutenção estrutural. Principalmente no setor 04, que se encontra em péssimas condições para atendimentos. Os pisos estragados, portas estão quebradas, falta de pintura na parede do corredor e banheiros com falta  de manutenção — afirmou o presidente da Comissão, Zé Bráz.

A comissão encaminhará à diretora superintendente, orientações pertinentes a melhoras deste espaço a fim de que os pacientes tenham um atendimento digno e humanizado.

A Comissão de Saúde se reunirá no início do mês de abril com o secretário de Saúde, Alan Rodrigo, e com a diretora da Urgência e Emergência da UPA, Cristiane Silva, além do coordenador da Central Estadual de Regulação da Macro Oeste, Claudio Fernandes, e também a diretora da Atenção Secundária, Cíntia Soares, e a diretora presidente do CSSJD, Elis Regina, com o intuito de solucionar as demandas reprimidas da UPA.

Segundo informações do Complexo de Saúde São João de Deus, não existe uma fiscalização diária de leitos por parte da Regulação da Secretaria de Saúde (Semusa), sendo este um serviço primordial para acompanhar o mapa de leitos diários. A comissão vai notificar o secretario responsável pela pasta, Alan Rodrigo, sobre a referida falha, para que seja solucionada.

Comentários
×