Comércio torce por vitória do Brasil para alavancar vendas

Jorge Guimarães

No domingo, o Brasil estreia na Copa da Rússia enfrentando a seleção da Suíça. Em caso de vitória, aí pode estar o start para que o comércio de Divinópolis possa comemorar um aumento nas vendas. Pois, até o momento, as vendas estão mornas em relação aos artigos ligados à Copa. Apesar disso, nos últimos dias os comerciantes estão sentindo um aumento no interesse dos torcedores em adquirir acessórios para torcer para a seleção.

— Nos últimos dias, a procura aumentou consideravelmente. Os mais vendidos são as camisetas, infantil e adulta, sendo a infantil comercializada a R$ 20 e a adulto a R$ 25. Com boa saída também está a bandeira do Brasil, tamanho grande, a R$ 20, mas as pequenas e médias, variando entre R$ 5 e R$ 15, também estão com boas saídas. Agora vamos torcer para que o Brasil vença no domingo e que possamos comemorar, quem sabe, o aumento nas vendas a partir da próxima semana — avalia a vendedora Ronara Reisla Trindade, que trabalha no camelódromo.

Acessórios

Outro ponto de comércio no Centro da cidade também está lucrando com as vendas de diversos acessórios ligados à Copa. Com uma visão de comércio diferenciado, a loja, que comercializa acessórios femininos diversos, está aproveitando a ocasião e vendendo. Alguns modelos, com as cores do Brasil.

— Estamos supressos com a aceitação. Com muita saída estão os arquinhos, laços, pulseiras, brincos, colares, perucas, chapéus, bandanas e outros. Temos ainda a novidade em termos de maquiagem com batons nas cores azul e verde, que também está tendo boa saída. Todos estes acessórios estão sendo comercializados com os preços entre R$ 4 e R$ 16. Para se ter uma ideia a gente recompõe o mostruário das peças pelo menos umas seis vezes durante o dia. Para os próximos dias, esperamos um aumento nas vendas caso o Brasil vença seus jogos — detalhou a gerente administrativa, Ana Cristina Fernandes.   

Festa

Outro segmento que deve faturar são os supermercados que terão horários especiais nos dias dos jogos do Brasil.

— Já está tudo programado. Eu e meus amigos vamos assistir aos jogos em casa, sendo cada jogo na casa de um de nós. Daí vamos dividir as despesas da cerveja, do churrasco e de outros petiscos. E se chegarmos à grande final, vamos para um restaurante, ou bar, ainda a escolher, para comemorar no meio da torcida — garantiu o estudante André Luiz Vasconcelos.

Pesquisa

A Copa do Mundo começa a despertar o interesse dos brasileiros, não somente em Divinópolis, mas no Brasil inteiro. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) projeta que aproximadamente 60 milhões de consumidores devem realizar gastos com produtos ou serviços relacionados à Copa. O dado corresponde a 51% dos consumidores que acompanharão aos jogos do campeonato. Os que não devem consumir produtos ligados à Copa formam 25% dos torcedores entrevistados.

Confira a relação completa de jogos do Brasil.

 

Foto: Jorge Guimarães

Acessórios com as cores do Brasil estão com ótimas saídas, de acordo com vendedores

Comentários
×