Comércio preparado para as vendas de Natal

Jorge Guimarães  

O fim de semana vai ser de muita movimentação no comércio da cidade, que já se preparou para o entra e sai de clientes. Nas ruas centrais, o ritmo já está mais acelerado com a presença de consumidores que já pensam em fugir da aglomeração que deve acontecer a partir de hoje. E quem ganha com isso são as lojas. E para quem deixou para a última hora, o comércio hoje fica aberto até as 22h, amanhã até as 19h e no domingo, véspera de Natal, ele abre às 9h e fecha as 17h.   

— Preferi comprar os itens da ceia hoje, pois amanhã vai ser mais complicado pelo movimento do fim de semana. Assim, sem correria e longas filas, estou comprando com mais tranqüilidade  — descreve a dona de casa Adriana Maciel. 

Movimento 

O maior movimento é esperado para amanhã, já tradicional no comércio da cidade, pois é o dia em que muitos não estão trabalhando.  

— Esperamos uma movimentação maior amanhã e, para tanto, já estamos preparados para recebemos a toda população — avalia o empresário do ramo de moda infantil, Guilherme Alves.  

Ação 

Aproveitando a ocasião, a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Divinópolis (CDL), iniciaram na última quarta – feira, a campanha do comércio legal. São poucos os consumidores que têm conhecimento do que significa para o município a importância de se comprar do comércio legal.  

Segundo as entidades, são vários os benefícios que são revertidos para o próprio município, gerando investimento nas áreas de educação, saúde e segurança. Além disso, propicia a oferta de trabalho formal.  

Objetivo  

A campanha da Acid e CDL Divinópolis tem o propósito de orientar o consumidor para a compra consciente. Colaborando com esta atitude, as entidades apoiam a fiscalização do comércio nas ruas junto à Prefeitura de Divinópolis. Por isso, orienta aos consumidores a adquirirem somente produtos de lojas e comércios ambulantes que possuem alvará de funcionamento e localização e da Vigilância Sanitária.  

Foto/Jorge Guimarães  

O movimento nas lojas centrais já era grande, ontem à tarde  

Comentários
×