Comércio já pensa no Dia das Mães

 

Jorge Guimarães

Depois das boas vendas da Páscoa, boa parte dos lojistas estão animados e esperam que o Dia das Mães deste ano seja o melhor dos últimos anos. A data, comemorada sempre no segundo domingo do mês de maio, é considerada a segunda mais importante para o varejo, atrás apenas do Natal. Neste ano, o Dia das Mães será comemorado em 12 de maio e, mais uma vez, os itens procurados devem ser os da confecção, calçados, perfumes e eletroeletrônicos, por exemplo.

Comércio

Os preparativos de trocas das vitrines já começam no próximo fim de semana: sai Páscoa entra Dia das Mães, como é o caso de uma casa especializada em chocolates.

— Na próxima segunda já estaremos com os kits e demais itens para presentear as mães. E, ao mesmo tempo, vamos colocar algumas dicas para os namorados, pois temos que aproveitar o aumento do fluxo na loja para apresentar as novidades — definiu sua estratégia a gerente Ráira Gonçalves.  

Já o empresário Guilherme Vasconcelos, do ramo de confecção, espera um aumento de 10% nas vendas.  

— Espero um aumento em torno de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. E o sábado, que antecede o domingo comemorativo, deverá ser o ponto alto do comércio — avaliou o empresário.

A comerciária Maria Cristina Guimarães já está pesquisando os preços.

— Vou presentear minha mãe com uma sandália e já estou na pesquisa de preços — disse.

Prestadores de serviços

E quem também lucra nas datas comemorativas são os prestadores de serviços, especialmente os restaurantes e lanchonetes, que até preparam cardápio diferenciado para a ocasião.

— Já estou com as compras encomendadas, pois, todos os anos, como de tradição, a casa prepara pratos especiais para o domingo. E, este ano, os pedidos foram feitos em conjunto para os pratos do Dia dos Namorados, pois ganhamos descontos na quantidade. Assim, repaginaremos alguns pratos para a data dos corações apaixonados — avaliou o empresário do segmento, Rolando Meneses.

 

Comentários
×