Comentaristas falam mais do que devem nas transmissões esportivas

 

 Por: Flávio Ricco

 

 Colaboração: José Carlos Nery

 

(Abertura)

 

Comentaristas falam mais do que devem nas transmissões esportivas

 

 Impressão minha ou, de fato, os comentaristas especializados estão interferindo cada vez mais nas transmissões do futebol?

 

As intervenções, que antes eram pontuais, agora acontecem a qualquer instante, muitas vezes para dizer nada com coisa nenhuma. Algo que já supera todos os limites.

 

Não tem nada mais aborrecido

 

Na Globo, lá atrás, em um desses períodos de grande exagero, o Boni soltou um comunicado demarcando a participação de cada um. O narrador, com a bola rolando, nunca devia ser interrompido.

 

Hoje, isso é o que mais acontece.

 

E como a categoria, em quase a totalidade, é formada por ex-jogadores, alguns cismam de recordar os seus momentos de glória nos gramados.

 

Aliás, um estudo publicado, já há algum tempo, num periódico científico, Proceedings of the National Academy of Sciences, revelou que falar de si mesma faz bem a certas pessoas. Mas só a elas.

 

No futebol da televisão, isso está se tornando cada vez mais frequente. E mais chato. 

 

(Lance de Corinthians x Ceará no domingo / Crédito Divulgação/Rodrigo Coca)

 

 

 

TV Tudo

 

 

E outra

 

 Essas interrupções nas transmissões do futebol, observa-se, estão num crescente que os narradores muitas vezes têm dificuldades de controlar.

 

É o comentarista, ex-jogador, falando do passado, e outros se valendo do Google para mostrar que sabem. Enjoativo.

Mais uma

 

Luciano do Valle, com toda a sua história, nos tempos que dirigia o esporte da Bandeirantes tinha como ordem: “Narrador narra, comentarista comenta e repórter reporteia”.

 

Um episódio

 

Na recente Olimpíada, o BandSports teve Cleberson Yamada como comentarista convidado no atletismo. Alguém que, de fato, sabe tudo.

 

Mas que num determinado momento levou um presta atenção do Álvaro José: “Calma, Cleberson, aqui quem narra sou eu”.

 

Embolado

Está um salseiro daqueles no figurino da Band. A partir da chegada de uma nova chefia, ninguém se entende mais.

Parece que a ordem é acabar com tudo o que existia, o que já vem se refletindo negativamente na boa ordem dos trabalhos. Alguém tem que dar um jeito.

 

Prioridade

 

No SBT, como em qualquer outro lugar, a prioridade é ver Silvio Santos recuperado completamente da covid-19. Desejo de todos. Ninguém sequer pensa em retomada aos estúdios.

Na verdade, há uma torcida também para que ele só volte no ano que vem. 

Previsão

Na Globo, “O Anjo de Hamburgo”, série em parceria com a Sony, será exibida no começo do ano que vem.

“Hamburgo” conta a história de Aracy de Carvalho, brasileira que salvou a vida de centenas de judeus na Alemanha durante a 2ª Guerra Mundial. Sophie Charlotte e Rodrigo Lombardi lideram o elenco.

 

(crédito Divulgação/João Miguel Júnior)

 

Arcanjo Renegado

Os produtores da série “Arcanjo Renegado”, sucesso da Globoplay, marcaram para outubro o início das gravações da segunda temporada.

Seguem no elenco Marcello Melo Jr., como o protagonista Mikhael, Erika Januza e Flávio Bauraqui.

 

Ainda não 

 

Já a série sobre o sociólogo Betinho, protagonizada por Júlio Andrade, ainda não tem nada certo para o começo de gravações, porque suas cenas vão exigir, entre outras coisas, muita aglomeração.

 

Talvez os trabalhos possam ter um start em maio de 2022.

 

Estreia

No próximo sábado, às 20h25, acontece a estreia de “Duelo de Mães”. O programa marca a volta de Ticiana Villas Boas à Band, agora no comando de uma competição culinária que movimenta mães e celebridades.

O “Duelo” conta com a consultoria do chef Dalton Rangel.

 

(Crédito Ricardo Cardoso/Kinok Vídeo)

 

Longe daqui

 

O Uruguai não vem recebendo apenas produções de séries brasileiras para gravações. Trabalhos de humor também estão sendo realizados em locações naquele país.

É o caso da série “Lol: Se Rir, Já Era”, do Tom Cavalcante para o Amazon, gravada entre os dias 12 e 29 de julho, reunindo centenas de profissionais.

 

Rainha dos baixinhos

 

Xuxa estará como convidada de uma das próximas edições do “Se Joga”, que está na reta final, já que o programa será descontinuado.

 

Detalhes da sua participação estão sendo acertados

 

Bate – Rebate

 

  • O documentário sobre Silvio Santos, dirigido por Leonor Corrêa, será reapresentado quinta-feira, às 21h. 

 

  • Quatro episódios da série “Pequenos Milagres” foram gravados na cidade de Ibiúna, no interior de São Paulo...

 

  • ...Os trabalhos, de 10 a 15 minutos de duração, serão exibidos no “Programa do Ratinho”.

 

  • Para comemorar os cinco anos de “A Culpa é do Cabral”, o canal Comedy Central produziu um documentário sobre o programa...

 

  • ...A exibição acontecerá no dia 30, às 22h, com imagens de bastidores, depoimentos e melhores momentos...

 

  • ...Já a 10ª temporada de “A Culpa é do Cabral” tem previsão de estreia ainda neste segundo semestre.

 

  • SBT vai usar uma movimentação de câmeras diferente em seus estúdios nas transmissões da Liga dos Campeões...

 

  • ...Teve até um ensaio para isso.

 

  • Leonardo Medeiros também estará no elenco da segunda temporada de “Aruanas”.

 

C´est fini

 

Finalmente, a Globo começa a preparação com o elenco de “Além da ilusão”, substituta de “Nos Tempos do Imperador”. Em outros tempos, no antigo normal, a novela já estaria em gravações.

Então é isso. Tchau!



Comentários
×