Comandante dos bombeiros diz que buscas vão se estender por semanas

Anna Lúcia Silva

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgar Estevão, informou na tarde deste sábado (26) que ainda há possibilidades de encontrar pessoas vivas, vítimas do rejeito de minério de ferro lançado na cidade após rompimento da Barragem de Feijão, em Brumadinho. Elas podem estar em quatro pontos distintos como ele relata.

Já passaram-se mais de 24 horas de buscas realizadas no entorno da barragem que se rompeu na Vale e até o momento ainda há cerca de 300 desaparecidos. O Estado já confirmou nove mortes.

De acordo com o coronel as buscas devem continuar por semanas, sendo que, a partir de segunda-feira (28) os trabalhos vão contar com apoio de cães farejadores que vão percorrer as margens da lama. Equipamentos de imagens disponibilizados pelo governo de Israel também vão auxiliar nas buscas.

“Essas buscas vão se prolongar por semanas até darmos notícias a todas as famílias”, destacou o coronel.

Comentários
×