Com risco de novo rompimento Bombeiros orientam evacuação de 24 mil pessoas em Brumadinho

Anna Lúcia Silva

O município de Brumadinho amanheceu em situação de alerta neste domingo (27). Isso porque há risco de rompimento de mais uma barragem na Mina do Feijão. Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara, 24 mil pessoas devem deixar suas casas na parte mais baixa da cidade e seguirem para partes mais altas.

 

Ainda segundo o tenente a população deve se abrigar em três pontos que são considerados os mais seguros, sendo a igreja matriz, no Centro da cidade, na delegacia da polícia ou no Morro do Querosene. As principais regiões evacuadas de Brumadinho por conta de risco de rompimento da barragem 6 são: Pires, Centro, Parque da Cachoeira, que inclui Tejuco e Córrego do feijão e Progresso. 

 

 O rompimento da Barragem B6 como é chamada, foi especulada durante todo o dia neste sábado. O coronel Edgar chegou a informar que equipes drenavam a área para evitar o possível rompimento, entretanto na manhã deste domingo as sirenes soaram e isso significa que a população às margens do Rio Paraopeba, ou em outras áresas de risco, devem evacuar. Equipes dos Bombeiros estão focadas em garantir a segurança da população.

 

Pelo novo risco de rompimento as buscas aos sobreviventes foram temporariamente suspensas, como detalha o tenente Pedro Aihara. “No momento as equipes dos bombeiros continuam realizando os trabalhos de evacuação. Nosso ponto de preocupação é a região de Parque da Cachoeira, então já estamos com cadetes neste local onde há 25 casas, para evacuação.Devido o risco de rompimento da barragem os trabalhos de buscas estão temporariamente interrompidos, porque nosso foco é a evacuação dessas áreas”, disse.

 

Comentários
×