Com apenas 10 anos, divinopolitana se destaca na poesia

Jorge Guimarães

A divinopolitana Thauany Gonçalves Silva, de apenas dez anos, começou a se interessar pela poesia aos seis anos de idade. Logo em seguida, quando cursava a 3ª série na Escola Municipal José Carlos Pereira, foi a campeã de um concurso de poesia na instituição.

Desde então, sempre em casa, ela se aprofundou neste universo mágico das palavras escritas em versos. Hoje, ela é aluna da 6ª série da Escola Municipal Dona Maria Rosa. Com poemas cheios de rimas para ler e se divertir, a menina, filha de Manoel e Kátia da Silva, sempre levou as produções ao conhecimento de sua professora e eterna incentivadora, Eudivânia de Moura Reis.

Temas

A poesia contribui para a formação do imaginário e da criatividade da criança e faz com que sua evolução seja mais aprimorada. Com mais de 50 poemas escritos, Thauany tem como temas prediletos a natureza e a família.  

— Hoje [ontem] mesmo pela manhã, lá em casa, Rhauany escreveu pelo menos mais três poemas. Assim, ela aprende a criar suas próprias expressões para se comunicar e, com o tempo, descobre um mundo novo de palavras e as mais diversas maneiras de expressar seus sentimentos — define a mãe, Kátia.

“Natureza”

De diversas cores são as flores

Perfumadas espalham ao vento seus amores...

Quão bela é a natureza

Verde, rosa e amarela formando uma aquarela de alegria

Natureza maravilhosa, tenho orgulho de ser sua filha.

Comentários
×