Coluna Sindijori 10/12/2021

Montes Claros contrata R$ 5,6 milhões para luz nas avenidas novas

Foi homologada a licitação no valor de R$ 5.673.311,78 para colocação de iluminação nas novas avenidas construídas em Montes Claros. A Esec foi a única concorrente na licitação da extensão rede de distribuição aérea de média tensão protegida e baixa tensão isolada, incluindo projetos das redes e iluminação pública em diversos logradouros compreendidos no perímetro urbano e Distrito de Povo Novo, perímetro rural. Os serviços deverão ser iniciados no ano que vem, pois a empresa tem de apresentar o projeto na Cemig, que define o cronograma técnico. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

 

IPTU congelado em Varginha

O prefeito de Varginha, Vérdi Melo, sancionou nesta semana a lei que congela o valor do IPTU para o ano de 2022. O projeto é de autoria do Executivo Municipal e o prefeito argumenta que o cidadão que teve seu poder aquisitivo e econômico reduzido pelos efeitos da pandemia também precisa se reestruturar economicamente. O Executivo Federal, por sua vez, editou ainda a Lei nº 13.979/2020, estabelecendo medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus. (Gazeta de Varginha)

 

Programa Irriga Minas

Uma das ações estratégicas do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), para a geração de trabalho e renda em áreas de vulnerabilidade social e hídrica, é o Irriga Minas. Neste ano, 704 produtores rurais foram beneficiados com um kit de irrigação cada, em 59 municípios das regiões norte e dos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. Os conjuntos são compostos por caixas d’água de 500 litros com tampa e itens de irrigação por gotejamento, para uma área de 500 metros quadrados, além de filtro, registro e conectores. (Jornal Panorama – Baependi)

 

Prefeitura entrega casas

A Prefeitura realizou a entrega de 400 apartamentos a famílias em situação de vulnerabilidade social da cidade de Caratinga. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou da cerimônia de entrega das chaves. O Residencial Esperança III e IV recebeu R$ 30 milhões de investimentos, sendo 99,4% do valor total da operação desembolsado desde 2019, e vai beneficiar cerca de 1,6 mil pessoas. O condomínio tem infraestrutura completa de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica e drenagem. O módulo III conta com 120 unidades de 40,5 m², enquanto o IV dispõe de 280 com a mesma metragem. Ao todo, são 22 blocos de quatro andares e quatro apartamentos por pavimento. (Diário de Caratinga)

 

Sindicato realiza leilão

O Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga está promovendo um leilão beneficente em prol do Asilo São Francisco de Assis. A ação foi criada pelos diretores, associados, colaboradores e amigos e tem como objetivo custear despesas e angariar recursos para proporcionar mais conforto aos internos da entidade. De acordo com o sindicato, além dos animais doados para o leilão, os interessados em ajudar podem doar alimentos não perecíveis, fraldas, produtos de higiene/ limpeza e também doações em dinheiro. Até o momento, já estão disponíveis para leilão mais de 20 animais, sacas de café, sela para cavalo e valor em dinheiro depositado em conta específica para o evento e doação também do transporte dos animais. (Jornal Nova Imprensa – Formiga)

 

Projeto de conservação ambiental

Um projeto voltado para a conservação ambiental está em processo de desenvolvimento pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), em São João Evangelista. Nele estão previstas ações de buscam conscientizar a população da cidade sobre o assunto, além de elaborar soluções para o descarte de lixo no município. A iniciativa do projeto foi o primeiro passo para a criação de uma campanha de educação ambiental em parceria com a Prefeitura de São João Evangelista e a comunidade. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

 

Cadastro de pessoas com deficiência

A Câmara de Juiz de Fora aprovou um projeto de lei que prevê a criação do “Programa de Cadastro de Profissionais com Deficiência”. O objetivo da proposta é trabalhar pela inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O texto segue para sanção da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), sendo que o programa deve ser dividido em módulos. Nos dois principais, serão cadastrados currículos para o armazenamento das informações pessoais e profissionais das pessoas com deficiência que buscam a inserção e a recolocação profissional; e registradas vagas a serem preenchidas por esses profissionais. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Mapeamento digital do transporte

Inovação, segurança e transparência. Com o mapeamento de todas as linhas do transporte escolar no município, a Prefeitura de Araxá implantou um sistema para monitoramento de 41 vans que fazem o transporte de 450 crianças que estudam em escolas rurais da Secretaria Municipal de Educação. Os veículos foram equipados com um GPS que permite o acompanhamento em tempo real do deslocamento dos veículos. O objetivo é gerar economia aos cofres públicos, dar maior transparência ao serviço prestado e levar segurança aos pais e alunos. (Correio de Araxá)

 

Comentários
×