Coluna Entre Aspas 01/07/2021

LÍNGUA PORTUGUESA

ORIGEM DA EXPRESSÃO

CURIOSIDADES

ORIGEM DAS FESTAS JUNINAS

Os historiadores apontam que as origens da festa junina estão diretamente relacionadas às festividades pagãs realizadas na Europa na passagem da primavera para o verão, momento chamado de solstício de verão. Essas festas eram realizadas como forma de afastar os maus espíritos e qualquer praga que pudesse atingir a colheita. Para melhor entendermos isso, é preciso considerar que o solstício de verão no hemisfério norte acontece exatamente no mês de junho.

As comemorações realizadas por diferentes povos pagãos europeus começaram a ser cristianizadas a partir do momento em que o Cristianismo se consolidou como a principal religião do continente europeu. Assim, a festa originalmente pagã foi incorporada ao calendário festivo do catolicismo.

Essa foi uma prática comum da Igreja Católica. Para facilitar a conversão dos diferentes povos pagãos, fazia-se uma aculturação das festividades, adicionando-as ao calendário católico e acrescentando nelas elementos cristãos. Outra festa na qual essa prática se repetiu, por exemplo, foi a comemoração do Natal, que acontece todo mês de dezembro.

A cristianização da festa está diretamente relacionada ao estabelecimento de comemorações de importantes figuras do catolicismo, exatamente na época da passagem para o verão, entre as quais se destacam Santo Antônio (homenageado dia 13 de junho), São João (dia 24) São Pedro (dia 29). Por fim, muitos elementos típicos das comemorações pagãs ganharam novo significado.

 

REFLEXÃO DA SEMANA

“Sonhe. Não somente aqueles sonhos de dormir, mas também aqueles em que estamos acordados. Sem sonhos, a vida não tem brilho” (autor desconhecido).

REFLEXÃO BÍBLICA

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós” (Romanos 8:31-34).

RIA... POR FAVOR!!!

— Antônio, para onde você vai assim tão lesto, circunspecto e assaz atribulado?
— Estava indo para o banheiro, mas agora vou procurar um dicionário.

MÁXIMAS DO PROFESSOR CARLINHOS

  • A mãe, lá pelas onze horas:
    — Francisquinho... Vá ao mercado do Sr. Manoel e veja se ele tem dois pés de alface.
    E ele foi.
    E voltou com as mãos vazias.
    A mãe estranhou e perguntou:
    — E aí, filhinho, ele não tinha os dois pés de alface?
    — “Num” sei, não, mãe... Ele tava de tênis.
  • VERDADE SECRETA
    Raiva e paixão são iguais a ferro elétrico velho: demora pra passar.
  • Calor de galinha “choca” não mata pintinho.
Comentários
×