Coluna Elmo (02/10/2019)

ORIGEM DA EXPRESSÃO SALVO PELO GONGO
Pessoas enterradas vivas
A primeira teoria remonta uma prática comum em alguns países europeus no século XVII, quando pessoas eram enterradas com uma corda amarrada em seus braços, sendo esta ligada a um sino do lado de fora do caixão.
Isso acontecia porque a medicina da época ainda não havia descoberto a catalepsia, uma doença rara que faz com que todos os músculos do corpo fiquem rígidos, dando a impressão de que o paciente está morto. Assim, com este mecanismo, caso a pessoa não estivesse de fato morta, poderia tocar o sino e ser salva. Ou seja, ser literalmente salva pelo gongo.
A partir desta prática teria surgido a expressão “saved by the bell”, versão correspondente ao "salvo pelo gongo" na língua inglesa.

O gongo nas lutas de boxe
Os combates são disputados em parte (assaltos), sendo que cada um tem um tempo de duração específico. Quando o tempo do assalto termina, soa o gongo e os lutadores devem parar de lutar momentaneamente. Assim, neste cenário, caso um dos lutadores esteja sendo fortemente golpeado, ao soar o gongo, este acaba por ser salvo de ir à nocaute. Desta forma, a pessoa é literalmente "salva pelo gongo".

CURIOSIDADES
COSTUMES DE ONTEM E DE HOJE AO REDOR DO MUNDO

SINISTRO

O champanha é usado hoje para batizar um novo barco. Mas nem sempre foi assim. No tempo dos vikings (século VII), eles sacrificavam seres humanos dentro dos próprios barcos e faziam o batismo com o sangue. Julgavam que, dessa maneira, os espíritos das pessoas assassinadas protegeriam a embarcação.

 

YES OR NOT?
Em Siri Lanka, mover a cabeça de um lado para o outro significa sim. Para cima e para baixo quer dizer não.


REFLEXÃO BÍBLICA

“Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme! Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu santo Espírito. Dá-me novamente a alegria da tua salvação e conserva em mim o desejo de ser obediente.”  (Salmos 51: 10-12)

REFLEXÃO DA SEMANA

“Se um dia alguém te disser que você nunca vai conseguir acertar, apenas diga: beleza! Se eu errar, eu APRENDO. Mas se eu acertar, volto e te ENSINO!”

RIA... POR FAVOR!!!

Morreu um burro em frente à igreja. Passou dias e o padre zangado liga para a prefeitura e quem atende é o prefeito. Aí o padre diz:

— Senhor prefeito, morreu um burro em frente à minha igreja!

O prefeito, para tirar onda com a cara do padre, logo pergunta dando uma risadinha:

— Ué, padre, não é dever da igreja cuidar dos mortos?!

E o padre responde:

— É, sim. Mas também é dever da igreja avisar a família!!!

 

MÁXIMAS DO PROFESSOR CARLINHOS

  • TEMPOS ATUAIS:
    Distraído é aquele amigo meu: só neste mês já perdeu dois empregos.
  • Duas lourinhas conversavam:
    — Amo o Betinho de paixão, mas ele não me corresponde.

A outra ensina, “na bucha”:
— Reclama com o carteiro, boba!

  • Capitulei de vez: só aceito me chamarem de SENHOR se for com “S” minúsculo. Sou exigente.
  • TESE ECONÔMICA
    Quando o salário chega... Já não chega!
Comentários
×