Coluna Braga 24/06/2021

Marco Aurélio Braga

Pim

 

Cynthia Dias Jaber, filha de Sidney Jaber e de Vanda Dias, há anos mudou-se de Divinópolis e conquistou o mercado com seu bom gosto agregado à vasta bagagem acadêmica. Formada em administração e comércio exterior, ela atuou com exportação em grandes indústrias têxteis do país. Iniciou na Vale, enveredando à moda, particularmente ao jeans, quando recebeu convite para atuar na área de exportação da Companhia de Tecidos Santanense, de Itaúna. Depois, passou pela Vicunha Têxtil e, agora, está na Santana Têxtil, de Fortaleza, com base em Minas Gerais. São 26 anos de experiência nesse mercado. A novidade é que Cynthia agora criou um novo projeto em sociedade com a psicóloga Anna Paula Costa e lançaram a Pim Estilo, marca que aposta na inclusão e diversidade. A primeira coleção tem cafetãs, chemises, panneaux, entre outros. Quem assina as estampas da coleção é o artista Gustavo Corrêa, de 20 anos e que tem síndrome de Down. O jovem já realizou algumas exposições em Brasília e ganhou elogios em texto escrito pelo pintor mineiro Carlos Bracher. Com tudo isso, a Pim Estilo começou sua trajetória e encantou a empresária Érika dos Mares Guia, que levou a coleção para a CJ Mares e a apresentou para o mercado. Sucesso de vendas, a marca já conquistou seu lugar no disputado mundo fashion.

 

Gota de Esperança 

 

O jornalista e diretor Emerson Penha, filho de Elson Penha, ex-superintendente da Cemig, e de Veralice Velman, professora aposentada da Uemg, é o diretor de "Uma Gota de Esperança", sucesso no Globoplay. O filme conta a história de Larissa Carvalho, jornalista, e seu filho Théo, hoje com seis anos. Ele nasceu com uma deficiência no processamento de proteínas pelo organismo e isso fez com que perdesse neurônios que o impedem de andar, falar, sentar... Se tivesse sido detectada pelo teste do pezinho, essa doença, chamada acidúria glutárica do tipo 1, poderia ter sido controlada com medicamentos e o menino teria vida normal. No entanto, o teste do SUS na ocasião só detectava seis doenças.  Com a luta dela ‒ que não pôde salvar seu filho dessas sequelas, mas lutou para mudar a lei no Congresso Nacional, para outras crianças (o que ocorreu no mês de maio) ‒ agora o teste passa a detectar mais de 30 doenças, uma delas a que o Théo tem. Com isso, essa deficiência pode ser identificada logo nos primeiros dias de vida, e não há sequelas para as crianças, pois o tratamento funciona perfeitamente. O documentário, que dura 45 minutos, foi todo feito em 4K e lançado no mês passado. Outro dos muitos trabalhos de Emerson Penha, o longa-metragem Estrada Natural, sobre a história da estrada de ferro Bahia e Minas, vai ser lançado em setembro. Já está na fase de masterização de áudio e correção de cor, que são as últimas etapas.

 

Nobel

 

Aos 84 anos, o ex-ministro da Agricultura e engenheiro agrônomo Alysson Paulinelli foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2021. A indicação se dá justamente por todos os anos de dedicação ao setor, com inovações fundamentais para o avanço da agropecuária no Brasil. Entre elas está a criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A companhia pública, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tem foco no desenvolvimento de tecnologias e conhecimentos para o setor agropecuário do país. Importante destacar que o divinopolitano José Elísio Batista trabalhou com Alysson Paulinelli. “Tive o privilégio de trabalhar com o Alysson, que conheci em 1973 , através de Antônio Martins. Ele tem um carinho especial por Divinópolis porque estudou no Ginásio São Geraldo. Wander Gontijo (Pote), meu amigo de infância e vizinho na antiga avenida Independência, foi o braço direito do ex-ministro, com quem trabalhou na criação da Embrapa”, destacou José Elísio.

 

Vacinação 

 

Nesta semana foi aberto em Divinópolis o cadastramento para a vacinação de pessoas nascidas em 1968 sem comorbidades, profissionais do transporte, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram parto há até 45 dias), lactantes (que têm filho de até seis meses) e pessoas com comorbidades acima de 18 anos. O cadastramento está disponível no site da Prefeitura (www.divinopolis.mg.gov.br) e ou no App Divinópolis, na opção “Vacinação Covid-19”. As lactantes deverão apresentar certidão de nascimento do filho que pode ter, no máximo, seis meses.  As grávidas devem apresentar cartão da gestante. As puérperas devem apresentar Declaração de Nascido Vivo (DNV), certidão de nascimento ou de óbito. É fundamental também que as gestantes e puérperas respondam o termo que aparece no ato do cadastramento atestando sua condição e levem o documento impresso no dia da vacinação. O documento comprobatório será retido. Como profissionais de transporte, podem se cadastrar: motoristas de transporte coletivo intermunicipal e interestadual; motoristas de transporte escolar, taxistas, motoristas de aplicativos, mototaxistas, caminhoneiros e ferroviários. Para comprovar a categoria profissional, é necessário levar também a carteira de trabalho, MEI ou declaração da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans).

 

Projeto

 

O Cefet-MG Campus Divinópolis lançou o Projeto Drive Thru – Cefet Solidário – The Street Store. Todos podem contribuir doando roupas de frio, cobertores,  itens de higiene pessoal e cestas básicas neste sábado, 26, das 9 às 11h, no próprio campus. O Drive Thru – Cefet Solidário – The Street Store é uma ação social no contexto de iniciação científica de empreendedorismo social, sendo que a participação dos alunos, servidores e da comunidade externa é voluntária e que os alunos ingressantes no Cefet em 2021 são convidados a participar e a conhecer o campus Divinópolis.

Comentários
×