Coluna Ana Fernanda Galvão 26/08/2021

24 de agosto – Dia da Infância 

 

No dia 24 deste mês comemorou-se o Dia da Infância.

 

O que queremos para nossas crianças? O Dia da Infância foi criado para refletirmos sobre como temos cuidado delas. 

 

A infância é um momento de aprendizados, transformações, brincadeiras e descobertas. 

 

A infância deve ser vivida de maneira segura e nós devemos garantir acesso à saúde, educação e oportunidades para elas.

 

Infância é para ser vivida, aproveitada. É momento de criar os primeiros sonhos!

 

Criança tem ansiedade?

A resposta é SIM! 

Os transtornos de ansiedade em crianças e adolescentes são comuns e constituem o maior grupo de problemas de saúde mental na infância. A ansiedade é uma emoção normal e importante, que tem como objetivo a autoproteção.

 Para diferenciar a ansiedade normal da patológica, devemos levar em consideração sua intensidade, frequência, duração e se apresenta prejuízos significativos nas áreas social, escolar e outras da vida da criança.

 Alguns sintomas da ansiedade infantil são: excesso de preocupações; presença de medo, caracterizada por antecipação de perigo; irritabilidade, tensão muscular e dificuldade de concentração; sintomas físicos, como suor excessivo, tremor, coração acelerado e sensação de falta de ar.

IMPORTANTE: cada criança é única, a avaliação deve ser feita de forma subjetiva com profissional capacitado.

 

Ficou com dúvidas? Procure um profissional de psicologia!

 

A INFLUÊNCIA DA POSTURA PARA A APRENDIZAGEM 

 Manter uma boa postura durante longos períodos de tempo acaba se tornando um desafio para as crianças. Seja na escola ou em casa nas aulas remotas, aos poucos o corpo escorrega da carteira, as pernas se cansam ou se agitam e as costas ou o pescoço doem.

Comentários
×