Cleitinho acha que é a cereja do bolo 1

Vejo com preocupação esta mania do vereador Cleitinho de se posicionar como se ele fosse o único político honesto da face da terra ou de se postar de vestal da idoneidade. E me preocupo porque reconheço que ele se tornou um fenômeno político. Quem assiste às transmissões da TV Câmara, ou lê suas postagens e vê seus vídeos, sabe que ele fala mal do prefeito, do governador e até entrega seus parceiros da Câmara, quando discursa afirmando que diferentemente de alguns vereadores que vão à Prefeitura pedir emprego, ele vai lá para pedir obras para os bairros. Esta estratégia de Cleitinho pode isolá-lo, se eleito deputado, o que não será bom para Divinópolis.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ 

Cleitinho acha que é a cereja do bolo político -2

 Agora, por exemplo, em vídeo nas redes sociais, desbancou o candidato a governador pelo PSDB, Antonio Anastasia, que veio a Divinópolis e disse ser uma de suas prioridades, terminar o Hospital Público Regional, se eleito for. É óbvio que todos os candidatos a governador de Minas Gerais precisam sim, vir a Divinópolis e se comprometerem com o término do hospital e seu pleno funcionamento. Pior seria se o candidato visitasse a cidade e ignorasse que esta obra está inacabada e nem de longe tocasse no assunto. E o mais estranho é que o Partido Popular Socialista (PPS), ao qual o vereador  Cleitinho está filiado, é aliado do PSDB nesta eleição em Minas e vai apoiar a candidatura de Anastasia ao governo de Minas. É no mínimo incoerente esta postura do vereador, para não chamá-la de infidelidade partidária.

___________________________________

Cadê o candidato a deputado do PT/Divinópolis?

Quem conhece a estrutura interna do Partido dos Trabalhadores sabe que no Partido coexistem várias tendências. Muitas pessoas não entendem por que isso acontece. O PT não é um só, não é um partido com uma só cabeça, com um só pensamento ou que segue só uma direção.

Diversas correntes de pensamento estão integradas a ele. Embora o objetivo de cada tendência seja o mesmo do partido, a forma de atingir tal objetivo cada um tem a sua. Essa disputa interna dificulta o PT de Divinópolis lançar um candidato da cidade, com chance de se eleger para a Assembleia Legislativa, por exemplo. A última vez que a maioria das tendências fechou em torno de uma candidatura foi na eleição para prefeito em que Beto Cury era o candidato. E, por isso, Beto obteve 20.448 votos. 17.03 % dos validos. Nas eleições deste ano, não se tem notícia de que o PT local vá lançar algum nome.

_____________________________________________

Muitos candidatos para poucos votos 

Até hoje, 3, é de conhecimento público que em Divinópolis teremos sete candidatos a deputado estadual. São eles: Rinaldo Valério (DC); Eduardo Print Jr (SD); Adair Otaviano (MDB); Cleitinho (PPS); Roberta Carrilho (PC do B); Artur Guimarães (PSOL) e Aristides Salgado (PTB). Considerando que na eleição de 2014, os votos válidos ficaram na casa dos 72.5 % e imaginando que este ano os números sejam próximos daqueles, teríamos 117 mil votos válidos para serem disputados pelos sete candidatos. Isso corresponderia a mais ou menos 16 mil votos para cada candidato. Mas, eleição não é propriamente uma aritmética previsível, senão, apenas,  possível.

________________________________________

 Taxa de esgoto, continua sendo cobrada

Senhores vereadores, na minha conta de água do mês de julho, a Copasa ainda está me cobrando a taxa de esgoto: Esgoto Dinâmico com Coleta (EDC). Só quero entender: vocês nos garantiram que esta taxa não seria mais cobrada, depois que suspenderam o decreto do prefeito que a autorizava. Por que a cobrança permanece?

Comentários
×