Cleber & Cauan, Simone e Alok fecham o quarto dia da 48ª Divinaexpo

Pollyanna Martins

A penúltima noite de festa da 48ª Divinaexpo foi marcada mais uma vez pela mistura de sertanejo e eletrônico. A animação da noite de sábado, 2, ficou por conta da dupla Cleber & Cauan, da cantora Simone, que faz dupla com a irmã Simaria (a qual não pôde vir) e, por fim, do DJ Alok, que levou a festa até 5h30.

Quem abriu a noite foi a dupla Cleber & Cauan, que trouxe seus grandes sucessos “Mel nesse trem”, “Solteiro desapegado”, “Tô com pena de você” e a música de trabalho “Resenha”. A dupla, que ainda apresentou outros clássicos sertanejos e também de ritmos como axé e funk. 

A dupla Cleber & Cauan no palco principal (Foto: Divulgação)

Passou o comando do palco para Simone depois de 1h30 de show. Ela cantou e dançou até 3h30. O público fez bonito ao cantar junto com ela as músicas da dupla. “Regime fechadAo”, “Tá tum tum”, “Loka”, “Rapariga não” e também sucessos de outros cantores, como “Evidências” e “Largado às traças”.

Simone cantou grandes hits da dupla com Simaria (Foto: Divulgação)

O show de Alok começou às 4h e foi até 5h30. O público foi à loucura com a apresentação do DJ e não arredou o pé da parque de exposições. Em um set criado especialmente para a apresentação no maior rodeio de Minas, Alok misturou músicas autorais como os sucessos “Hear me now”, “Fuego” e “Ocean” (música de trabalho) e canções de outros artistas nacionais e internacionais, de Tim Maia a Ed Sheeran passando por Chorão do Charlie Brown Jr. e por grandes sucessos do funk carioca.

Alok emocinou os fãs ao homenagear o DJ e produtor sueco Avicii, encontrado morto aos 28 anos no dia 20 de abril. A multidão cantou junto “Hey brother”. 

Com intensa pirotecnia e set exclusivo, Alok espantou o frio da madrugada (Foto: Divulgação)

Montaria

Quem foi ao Parque Divinaexpo assistir à quarta noite das provas de montaria em touro viveu momentos de grandes emoções. Em rounds bastante disputados, Romário Gonçalves Domin conseguiu ficar durante oito segundos no touro Maroquinha e se tornou o melhor da noite com 91 pontos.

Na segunda colocação, aparece Fernando da Conceição (89,50) e, em terceiro, Edmilson Gonçalves (89). Durante a prova, toda a arena parou para prestar uma homenagem ao campeão da Divinaexpo 2016, Giliard Antônio, que morreu no último dia 14 de maio durante uma competição em Maringá, no Paraná.

Na penúltima noite de provas da categoria montaria em cavalo estilo cutiano, o competidor mais bem colocado foi o cearense José Leandro Modesto Pereira, com 86,50 pontos. Luís Fernando Anastácio (86) ficou na segunda colocação e Marciano Ap. Alves (84,50) conquistou a terceira colocação.

Nas provas cronometradas, o vencedor da categoria Bulldogging foi Nívio Daldegan, com 3,94 segundos; no Laço Individual, a primeira colocação ficou com Lucas Peres, com o tempo de 9,07 segundos; e, na competição de Três Tambores, Maria Eduarda Cardoso e Giovana Fagundes venceram nas categorias Mirim e Profissional, respectivamente.

 

Comentários
×