CIS-URG Oeste aguarda ok do Estado para iniciar obras no Hospital Público

Cadastramento solicitado pelo Estado foi realizado no fim de março

Da Redação

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG Oeste) está aguardando o Governo do Estado para iniciar as obras em parte do Hospital Público Regional e transformá-lo em Hospital de Campanha. De acordo com o secretário executivo do CIS-URG Oeste, José Marcio Zanardi, o Consócio fez o cadastramento solicitado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), no final de março, dentro do prazo estabelecido pelo Executivo Estadual.

— Com total apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa), no prazo indicado três dias úteis, juntamos a documentação exigida para [a elaboração] do convênio e enviamos. A SES, após análises, nos informou que haviam algumas pendências, que foram rapidamente sanadas – explica.

O secretário municipal de saúde, Alan Rodrigo chegou a anunciar em uma coletiva de imprensa realizada nessa segunda-feira, 5, que o convênio seria assinado na tarde daquele dia, e as obras começariam nessa terça-feira, 6. Porém, segundo José Márcio, até essa terça-feira, a documentação estava aguardando nova análise técnica. O secretário-executivo do CIS-URG Oeste esclarece que até que o Governo do Estado firme o convênio, o Consórcio está trabalhando em outras frentes, como a organização para aquisição e locação de equipamentos.

— Enquanto isso, estamos trabalhando em outras frentes, tais como banco de dados de profissionais, organização para aquisição e locação de equipamentos, dimensionando necessidades de insumos e medicamentos, fornecimento de gases – detalha.

Leitos

No dia 22 de março, o Governo do Estado sinalizou o repasse em torno de R$ 3,6 milhões para viabilizar as obras de adequação, para abertura de leitos de hospital de campanha na estrutura do Hospital Regional de Divinópolis. O intuito é fazer a abertura de 60 leitos exclusivos para tratamento da covid-19, sendo 40 de enfermaria, e 20 de UTI.

Conforme o secretário municipal de Saúde, a expectativa é que o Hospital de Campanha seja entregue em até 30 dias após a assinatura do convênio. Além do recurso para a finalização da obra, o Governo de Minas fará também um repasse mensal de aproximadamente R$ 950 mil para custeio dos leitos.

Comentários
×