Cirurgias eletivas pelo SUS são liberadas no Estado

No entanto, procedimentos poderão ser feitos conforme as ondas do plano Minas Consciente

Da Redação

As cirurgias eletivas que estavam suspensas devido a pandemia do coronavírus,  esteva na pauta da reunião do  Comitê Extraordinário Covid-19, na manhã desta quinta-feira,24.  O grupo de trabalho divulgou nova resolução para os procedimentos considerados de caráter não emergencial. Suspensos desde fevereiro, agora poderão ser realizados de acordo com normas específicas para cada onda do plano do governo para retomada segura e gradual da economia.

Ondas

Na onda vermelha, fase em que há protocolos mais rígidos para funcionamento do comércio, serão liberados procedimentos cirúrgicos em ambientes ambulatoriais.

Já na onda amarela, etapa intermediária do plano, procedimentos cirúrgicos hospitalares que não demandem intubação orotraqueal (com inserção de tubo até a traqueia) ou sedação profunda ficam autorizados.

Na onda verde, a mais flexível, todos os tipos de eletivas ficam permitidas, mas caberá ao gestor local e da unidade de atendimento analisar a sua realidade no que diz respeito à disponibilidade de leitos, equipes, equipamentos e insumos hospitalares.

Proibidos

O comitê ressalta que mutirões para realização de cirurgias eletivas seguem proibidos. As recomendações valem para as redes públicas e privadas.

Comentários
×