Cidades tradicionais ficam sem carnaval

 Jorge Guimarães

Sem receber do Governo do Estado, os municípios mineiros estão passando por grave crise financeira o que afeta diretamente os serviços básicos de Saúde e Educação. Por, isso, cidades conhecidas por realizar os tradicionais carnavais, não farão a festa neste ano. E de acordo com a Associação Mineira de Municípios (AMM) mais de 200 prefeituras decidiram cancelar o evento. Dentre elas, as muito conhecidas na região Centro-Oeste, Pompéu e Abaeté, que neste ano estarão fora do circuito da folia.

BH

O crescimento do Carnaval em Belo Horizonte também dificultou a atração de investidores para os eventos no interior. Segundo estimativa da Prefeitura da capital dos mineiros, cerca de 4,6 milhões de foliões devem curtir o Carnaval, que começa neste sábado, e conta com mais de 600 cortejos de blocos de ruas, shows nos palcos oficiais em diversas regionais da cidade, desfiles de Escolas de Samba e Blocos Caricatos, além dos eventos privados.

— Neste ano, vamos ficar de fora da folia por razões financeiras e por falta do apoio de empresários, que preferiram investir na capital — disse em nota a assessoria de Pompéu.

Centro – Oeste

Na região a cidade de Lagoa da Prata, segundo assessoria da Prefeitura, ainda não teria a programação oficial para os festejos de Momo. Informou ainda que dentro dos próximos dias serão divulgadas informações. Não muito diferente, as cidades de Oliveira e Itapecerica também informaram, através de assessória, que ainda não tem a programação e que detalhes estão sendo acertados para que na próxima semana sejam divulgados.      

Vai ter

Como todos os municípios, a crise em Carmo do Cajuru não é diferente. Para se ter ideia, a dívida com a cidade já ultrapassa mais de R$ 7 milhões. Porém, a Prefeitura vai realizar a festa.

— Não medimos esforços, ao contrário, unimos forças com blocos de rua, músicos e comércios locais para realizar a tradicional festa no nosso município. A Prefeitura continuará priorizando o investimento, na Saúde, Educação, segurança e o pagamento dos servidores, assim, para realizar o carnaval vai disponibilizar apenas os recursos arrecadados com a liberação de alvarás – informou a assessoria de comunicação.

Programação

Haverá shows ao vivo na praça da Estação durante todos os dias de 20h às 1h. E para abrir a festa, na sexta, dia 1º de março, tem o desfile do “Bloco da Latinha”. O encerramento fica por conta de um arrastão.  Na terça, dia 5, de alguns blocos da cidade e em seguida, show da banda No Break. Durante o dia, de 13h as 18h, a festa acontece na Barragem, onde também haverá carro de som autorizado pela Prefeitura, tenda de apoio e banheiros químicos todos dias.

Mais festa

Os preparativos para o Carnavaliza Itaúna 2019 estão a todo vapor. A Prefeitura já tomou todas as providências para garantir uma temporada agradável e com muita diversão para as famílias da cidade e região. Para o aquecimento, foi preparada uma grande folia, reservada para a próxima sexta – feira, 22, das 18h às 23h, na praça da Estação. O resgate das marchinhas e do antigo Carnaval no Centro Histórico, que marcaram épocas, serão os aditivos especiais.

E a festa continua a partir do dia 28, quinta-feira,  quando o tradicional “Pau de Gaiola” fará a alegria dos foliões, na praça da Lagoinha, das 19h a 00h. Daí até terça-feira, 5 de março, a cidade estará aberta ao Circuito Oficial na Jove Soares, a “Prainha”, com desfile de blocos e muita diversão.

Comentários
×