Cidade participa do Saúde na Escola

Da Redação

O governo estadual anunciou a prorrogação do prazo para a adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE) até o dia 28 deste mês. Divinópolis, porém, não precisa se preocupar, uma vez que já está cadastrada. Com isso, a cidade recebe o valor de R$ 5.676, para trabalhar com 600 estudantes. Um montante de R$ 1 mil é adicionado caso o programa receba de 601 a 1.400 alunos.

Os municípios integrantes do Programa devem desenvolver atividades educacionais relacionadas à saúde durante um período de dois anos, com auxílio do Ministério da Saúde.

Programa

O Saúde na Escola, como o próprio nome sugere, visa levar temas relacionados à saúde às escolas do país, conscientizando os alunos sobre cuidados preventivos. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), o intuito é estimular o cuidado com a saúde desde cedo.

— Criado em 2007, o Programa Saúde na Escola tem o objetivo de levar às escolas públicas ações educativas que envolvam promoção, prevenção e atenção à saúde e, assim, enfrentem as vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens — explica.

Na região ampliada Oeste, onde se encontra Divinópolis, são mais de 155 mil alunos atendidos pelo programa.

— Hoje, o PSE  abrange 20 milhões de estudantes de 85.706 escolas de todo o país. Na Saúde, são mais de 36 mil equipes de atenção Básica do SUS. Na região ampliada Oeste são 115 mil alunos em 408 escolas que serão beneficiados pelo programa (dados atualizados em 18/02/2018) e que envolverá 330 equipes de Saúde da Família — esclarece a SES-MG.

Comentários
×