Cidadã

Marco Aurélio Braga 

Uma postagem pertinente movimentou as redes sociais nesta semana, durante o feriado de Carnaval. A advogada Telminha Rodrigues publicou, em sua página, fotos e comentário sobre a situação que se encontra o nosso Museu Histórico, prédio centenário que está ‘ao léu’ em uma das praças centrais e mais movimentadas da cidade, a da Catedral. Fechado por decisão do então secretário de Cultura, Osvaldo André de MelIo, por seu deplorável estado físico, o local continua, há anos, sem nenhum tipo de intervenção para conservar o casarão e reabri-lo para a comunidade. Pior: até a tela que foi colocada para isolar o espaço para proteger quem transita por ali, sem cuidado e manutenção, está deteriorando e sofrendo com ações de vândalos. Esperamos que os responsáveis pelos cuidados com a cidade voltem o seu olhar, urgente, para que mais esta parte da história de Divinópolis não vá ao chão. 

 

Esclerose múltipla                                                   

 

Divinópolis sediará o primeiro simpósio de esclerose múltipla, marcado para o dia 18 de março na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Campus Dona Lindu. Os temas abordados no encontro serão: "O que é esclerose múltipla?" (Fabíola Tavares – neurologista), "Impactos subjetivos e intersubjetivos da esclerose múltipla" (Vera Prazeres – psicóloga/psicanalista), "A atuação da enfermagem na assistência aos pacientes com esclerose múltipla, sob a perspectiva dos cuidados paliativos" (Alexandre Ernesto – enfermeiro/doutor na temática dos cuidados paliativos), e “Impacto da incontinência urinária na qualidade de vida em pacientes com esclerose múltipla" (Heide Andrade – fisioterapeuta).                                       

 

30                                                                             

 

Para marcar seus 30 anos por aqui, a Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) em Divinópolis lançou coleção, com quatro volumes, com uma tiragem mínima, para distribuição às bibliotecas das unidades, mas os e-books estão disponíveis para download gratuito no catálogo da EdUemg, em eduemg.uemg.br. No prefácio, a reitora Lavínia Rosa Rodrigues ressalta a importância da publicação: “(...) ao celebrar 30 anos de existência, a Uemg mantém viva a memória de sua trajetória e reafirma seu compromisso com a produção de saberes que venham a contribuir para a construção de uma sociedade mais justa, inclusiva e solidária”.                                                 

 

Movimento                                                            

 

A agenda cultural de 2020 parece que será movimentada. Torcemos por isto! Neste ano, uma das novidades arquitetadas por Daniel Bicalho, um dos idealizadores da Festa Literária de Divinópolis (Flid), é a realização da 1ª Virada Cultural de Divinópolis, evento marcado para os dias 7 e 8 de março, na Praça do Santuário. Música, literatura, cinema, terapias, exposições de artes, entre outras “cositas más” vão movimentar a cena! Depois eu conto!                 

 

Perda                                                                              

 

Jovem e querido por todos que conviveram com ele, Ricardo Mascarenhas partiu nesta Quarta-feira de Cinzas. O tênis, esporte que amou e dedicou boa parte da vida, perde um atleta, e familiares e amigos ficam com as boas lembranças que ele deixou. Ricardo era filho de Romeu e Rosângela Mascarenhas.                             

 

Pórtico                                                                             

 

Um grupo de arquitetos e designers de interiores entrou em contato com este espaço jornalístico sugerindo que o pórtico, criado por Saleh para marcar o centenário de Divinópolis, seja desmontado e colocado no Complexo Gravatá, local espaçoso e ideal para uma obra daquele porte, segundo eles. Fica a dica!

Comentários
×