Cesta atinge menor valor em 27 meses

Pablo Santos 

A cesta básica chegou ao menor valor dos últimos 27 meses. Com a leve queda de 1,52%, o conjunto de alimentos básicos nos supermercados da cidade chegou a R$ 304 em novembro, de acordo com os dados do Núcleo de Pesquisas Econômicas (Nupec) da Faced.

Com a queda de 1,54% em novembro na comparação com outro, o valor da cesta acumula uma variação negativa de 9,94% no ano e, em 12 meses, retraiu ainda mais 11,32%. Os produtos que mais contribuíram para o recuo do custo da cesta em novembro foram tomate (-24,38%), batata (-18,15%), e feijão (-3,58%).

De acordo com o pesquisador, Leandro Maia, o volume de chuvas interferiu no preço do tomate.

— A maior intensidade da colheita da safra e o aumento dos volumes de chuvas nas regiões produtoras têm afetado positivamente a oferta de tomate no mercado e, como isto, a pressão sobre os preços desacelerou em novembro — analisou.

 Chuva 

O acúmulo de chuvas também influenciou no preço da batata.

— Depois de assumir uma posição de recuperação de preços em outubro com forte majoração, o preço médio da batata voltou a registrar queda em novembro. Em Divinópolis, o preço médio do quilo era de R$ 2,29 em outubro, passou para R$ 1,87 em novembro. O início das chuvas nas áreas produtoras e a queda na qualidade do tubérculo explicaram as reduções dos preços — destacou.

Conforme ainda o pesquisador, o preço do feijão também registrou significativas retrações em todas as regiões no país devido à fraca demanda no mercado interno. Conforme a pesquisa, o preço médio do quilo no mercado divinopolitano variou R$ 3,05 em outubro para R$ 2,94. Em 12 meses, o quilo do grão caiu 56%.

 Alta 

Apesar da queda alguns produtos, outros tiveram fortes alta em novembro na comparação com outubro. A banana caturra teve alta de 19,34% no mês passado. A embalagem de 5 quilos de açúcar teve alta de 6,82% e o arroz 6,76%. A carne de 2º também teve queda de 4,22%.

 

Comentários
×